cabeçalho4.fw

Você Pode Ajudar a Vítima de uma Parada Cardíaca

Você Pode Ajudar a Vítima de uma Parada Cardíaca

A vida da vítima de um ataque cardíaco pode ser salva até mesmo por um leigo, desde que ele tenha conhecimento de alguns princípios básicos de ressuscitação cardiopulmonar.

Os princípios de ressuscitação são muito simples e podem ser aplicados por qualquer pessoa:

  • Reconhecimento de parada cardíaca. Quando uma pessoa cai inconsciente, em local sem assistência médica, a primeira preocupação deve ser verificar se houve desmaio ou parada cardíaca. O reconhecimento é feito apalpando-se o pulso arterial no pescoço ou no braço, enquanto se procura sinal de respiração. Se houver pulsação, trata-se de desmaio. Caso contrário, é importante iniciar a ressuscitação cardiopulmonar.
  • Respiração boca a boca. Após colocar o paciente em superfície dura, de costas e com a cabeça estendida para trás, inicia-se a respiração boca a boca. Para isso, tapa-se o nariz do paciente com a mão esquerda, enquanto se mantém o pescoço estendido levantando-o com a mão direita. Expira-se com a boca sobre a boca do paciente. Deve-se fazer pelo menos 12 respirações em dois minutos.
  • Massagem cardíaca. Se após a respiração boca a boca não se registrar a volta do pulso, deve-se iniciar a massagem cardíaca comprimindo-se o coração do paciente com as duas mãos, numa frequência de 60 vezes por minuto. A cada cinco compressões cardíacas, faz-se a respiração boca a boca. A massagem cardíaca deve ser feita durante pelo menos 30 minutos ou interrompida antes disso, se for observada a volta da pulsação.

(Publicada na Revista Serviço Rosacruz – 02/1978)