cabeçalho4.fw

08-MÊS DE AGOSTO: CRISTO RECONSTRÓI O SEU CORPO ESPÍRITO DE VIDA

MÊS DE AGOSTO: CRISTO RECONSTRÓI O SEU CORPO ESPÍRITO DE VIDA

Durante Julho e Agosto, quando o Sol está em Câncer e Leão, o Cristo reconstrói o seu veículo – na verdade, um Corpo – do Espírito de Vida, que trará ao mundo e, com esse veículo, Ele voltara voltará a rejuvenescer a Terra e os reinos que nela evolucionam.

Durante o mês de agosto, onde estamos na estação de inverno – para o Hemisfério Sul, as influências cósmicas fornecem o maior auxílio para o discípulo aspirante para fazer do amor a foça dominante e motivadora da sua vida. É tempo para embelezar cada palavra, pensamento e ato seu com essa magia do coração.

O décimo terceiro capítulo da Segunda Epístola de São Paulo aos Coríntios, uma das maiores canções de amor da alma, é o mantra perfeito tanto para meditação como para a motivação, durante o período em que o Sol está transitando pelo Signo majestoso de Leão.

Quando o Sol deixa o seu trono no Solstício de Junho, a 21 de junho, entra no Signo de Leão – o Leão de Judá (de 24 de julho a 23 de agosto). Temos então a festa católica da "Assunção", a 15 de agosto, com o Sol em Leão. Daí ele avança em direção ao seu nodo ocidental e entra no Signo de Virgem a 22 de agosto.

Assim, é como se a Virgem nascesse do Sol.

Sobre a festa católica da Assunção e seu paralelo na astronomia: "No final de oito meses, quando o deus-sol – o Cristo – tendo aumentado, atravessa o oitavo Signo, Ele absorve a Virgem celestial em seu curso de fogo, e Ela desaparece no meio dos raios luminosos e da glória de seu filho. Este fenômeno, que acontece todos os anos em meados de agosto, deu origem a um festival que ainda existe, e na qual se supõe que a mãe de Cristo, deixando de lado sua vida terrena, está associada com a glória de seu filho, e é colocado ao seu lado no céu. O calendário romano de Columella (Col. 1. II. cap. ii. p. 429) assinala a morte ou o desaparecimento de Virgem neste período. O Sol, diz ele, passa por Virgem no décimo terceiro dia antes das calendas de setembro. Este é o lugar onde os católicos dão lugar à Festa da Assunção, ou o reencontro da Virgem com seu Filho. (Você pode ter mais material para estudos em: Interpretação Mística da Páscoa - Alegorias Astronômicas da Bíblia – Max Heindel; O Maravilhoso Livro das Épocas – Vol. VI - Vol. VII - Vol. X – Corinne Heline; Os Ensinamentos Secretos de todos os tempos – Manly P. Hall))