cabeçalho4.fw

O Cérebro: Oficina Física do Ser Humano

O Cérebro: Oficina Física do Ser Humano

O cérebro está dividido em três partes principais: o cérebro (grande cérebro superior), o cerebelo (pequeno cérebro central), e a medula oblongada (pequeno cérebro inferior).

O cérebro é usado pelo Espírito para expressar a consciência física e o pensamento direto. É o instrumento usado pelo Espírito para expressar seus poderes mais elevados no plano físico a vontade.

O cerebelo é a parte do cérebro que o Espírito usa para realizar a coordenação em relação aos movimentos do corpo, ligando as separadas atividades dos nervos a uma ação equilibrada e harmoniosa através do poder unificante da coesão. O cerebelo está correlacionado ao segundo aspecto do ser humano, o poder do Amor Sabedoria.

A medula oblongada é a parte do cérebro usada pelo Espírito para controlar as pulsações do coração, a contração dos vasos sanguíneos e a respiração. Sem esta atividade do cérebro, os processos da vida física não poderiam continuar. A medula oblongada está, portanto, ligada ao terceiro poder do ser humano, sua Atividade em manifestação.

O cérebro é permeado pelas substâncias do Corpo Vital, do Corpo de Desejos e do Pensamento Abstrato e Concreto. É, portanto, a oficina física particular do Espírito, com seu material próprio e com todos os seus veículos convenientemente reunidos e prontos para serem usados. Impressões causadas pelo mundo exterior atingem o Espírito através de um ou dos cinco sentidos físicos por meio do canal do Corpo Vital.

O Espírito, o ser humano real, é o pensador. O processo de pensar é o seguinte: A vontade desperta a imaginação e ela visualiza uma ideia composta de substância do pensamento abstrato que permeia o cérebro. Esta ideia do pensamento abstrato é, então, projetada pelo poder da vontade na lente da Mente, que transfere a ideia para a substância do pensamento concreto contida naquela parte do corpo mental do ser humano e que permeia o cérebro. Aqui, a ideia é envolvida pela substância do pensamento concreto e agora é um pensamento forma. O pensamento forma, assim criado, é projetado na substância do Mundo do Desejo que permeia o cérebro. Esta substância do Mundo do Desejo, estando correlacionada à atividade, dá ao pensamento forma poder para agir, o que geralmente resulta em algum tipo de manifestação.

No estudo do pensamento e da Mente, lembremos que o pensamento é um poder do Espírito, e o corpo mental ou Mente composto de substância do pensamento concreto é o veículo que liga o Espírito ao seu cérebro etérico e físico. O corpo mental está harmonizado com Fá maior ou um bemol e sua escala começa com Fá. O Corpo Vital está harmonizado com o Dó natural e sua escala começa com Dó. O Corpo Denso está com Lá sustenido maior, que tem quatro sustenidos e três duplos sustenidos. Portanto, toda música escrita nestes três tons tem um efeito decisivo sobre a Mente, sobre o cérebro do Corpo Vital e o cérebro do corpo físico. Estão intimamente ligados ao Espírito e ao desenvolvimento de seus poderes potenciais que são: vontade (poder do Espírito Divino), amor sabedoria (poder do Espírito de Vida), e atividade de germinação (poder do Espírito Humano).

O pensamento está correlacionado com a vontade, o primeiro poder do Espírito. Ele expressa se primeiro como uma ideia que ainda não adquiriu forma. Depois, o segundo poder do Espírito, o amor, atrai substância do pensamento concreto para a ideia e temos um pensamento forma. Um pensamento forma pode ser puramente mental se não for alterado pelo desejo. Contudo, em nosso atual estágio de evolução, poucos pensamentos estão isentos de algum grau de desejo.

O Mundo de Pensamento é o reino da música e o lar da onda de vida Sagitariana, os Senhores da Mente.

Consequentemente seria quase impossível produzir um pensamento forma separado da música. Quando o pensamento forma está revestido pela substância de desejo, a cor é acrescentada a ele, uma vez que o Mundo do Desejo é o reino da cor.

Para resumir a construção do pensamento forma:

O Espírito desperta sua vontade. O poder da vontade produz uma vibração irradiante, musical, que se manifesta como som. Som produz uma ideia. A ideia adquire forma, e um pensamento passa a existir. O pensamento forma é colorido pela substância de desejo. Uma forma flutuante colorida é produzida. Pensamentos não são silenciosos.

Eles falam uma linguagem inconfundível, exprimem se muito mais acuradamente que a intenção das palavras, e permanecem até que a força que seu criador empregou para produzi-los tenha sido gasta. Eles soam em um tom peculiar à pessoa que os gerou, portanto, é comparativamente fácil para o ocultista experiente descobrir sua procedência, buscar a fonte que os originou.

Falta espontaneidade aos pensamentos forma; eles agem mais ou menos como autômatos. Movem se e atuam somente em uma direção, de acordo com a vontade do pensador, que é o poder motivador interno.

Quem estudou este assunto, sabe quantas pessoas são ativadas pelos pensamentos forma que pensam ser delas mesmas, mas que, na verdade, se originaram na Mente de outra pessoa. A opinião pública é formada dessa maneira. Pensadores poderosos, que possuem determinadas ideias sobre algum assunto em particular, criam e irradiam pensamentos forma de si próprios. Outros, menos positivos ou simpatizantes da ideia expressa naqueles errantes pensamentos forma, julgam que os pensamentos se originaram dentro deles e os adotam como seus.

Assim, gradualmente, uma opinião pode crescer até que o pensamento originado por um único indivíduo pode, não só ser aceito, como defendido por toda uma comunidade, estado ou mesmo uma nação. Pensamentos expressos em palavras faladas tornam se muito mais poderosos, particularmente se pronunciados por um orador vigoroso.

(Leia mais no Livro A Escala Musical e o Esquema de Evolução – Fraternidade Rosacruz)