cabeçalho4.fw

Cartas de Max Heindel: A Idade Aquária e a Nova Aliança

A Idade Aquária e a Nova Aliança

Depois de redigir a lição aos estudantes, vieram-me pensamentos relativos às diferentes fases da Páscoa e aos acontecimentos inerentes à esta época. Ocorreu-me meditar sobre algumas passagens bíblicas, incógnitas para aqueles que desconhecem os profundos ensinamentos da Sabedoria Ocidental e os conhecimentos da Astrologia Esotérica. Por esta razão dedicamos estas linhas ao elucidamento de tópicos importantes referentes ao tema acima mencionado.

Segundo São Lucas (capítulo 22), Cristo enviou Pedro e João à procura de um homem portador de um cântaro com água, porque em sua casa celebrar-se-ia a Páscoa. Posteriormente os Discípulos receberam o pão e o vinho, símbolos da Nova Aliança. Tais acontecimentos são quase que totalmente incompreendidos pelos cristãos. A maioria não atribui significado especial ao "HOMEM COM O CÂNTARO" e ao fato de que a Páscoa deveria ser celebrada em sua casa e em nenhum outro lugar. As massas creem que Cristo realmente deu vinho para seus Discípulos beberem, quando a Bíblia afirma o contrário. Quando essas passagens são examinadas à luz esotérica, depara-se com seu transcendental significado.

Teçamos, primeiramente considerações sobre a forma com que as Grandes Hierarquias deram um determinado e apropriado alimento a cada nova raça, conforme já foi abordado em O CONCEITO ROSACRUZ DO COSMOS. Resumindo, diremos que a CAIM (possuía Corpo Vital, analogamente ao vegetal) simbolizando a Segunda Raça, deu-se-lhe o grão. A ABEL (possuía Corpo de Desejos), representando a Terceira Raça, deu-se-lhe o leite.
A NEMROD (possuía Mente), a Quarta Raça, deu-se-lhe a carne. O vinho foi dado à Quinta Raça por Noé, tornando-a profundamente egoísta. A desumanidade do ser humano para com seu semelhante converteu-se até em um axioma, porém, ajudou-o a alcançar o nadir de seu adiantamento material. Na fase atual, encontra-se empenhado em evoluir espiritualmente. As ideias altruístas devem ser inspiradas, ou pelo menos preparadas, para que germinem e possam manifestar-se na Sexta Raça. Isso implica simultaneamente em uma transformação na dieta humana.

No decurso dos vários estágios da evolução, o Sol percorreu o Zodíaco (por Precessão) muitas vezes. Cada etapa evolutiva, contudo, transcorreu dentro de um signo determinado e específico, e cada um foi precedido e sucedido por ciclos menores, nos quais houve recapitulações das grandes Épocas e Eras. Deste modo, os últimos seis ou sete mil anos, quando o Sol transitou por Touro (o Touro), Áries (o Carneiro) e Peixes (os Peixes) constituem etapas de desenvolvimento material, caracterizadas pelo uso da carne e do vinho. Cristo, no princípio de seu Ministério, transformou a água em vinho, confirmando a continuidade de seu uso durante a Era de Peixes. Ao encerramento de sua missão terrena preparou seus Discípulos para o passo além, na "CASA DO AQUADOR", abolindo ali a carne e o vinho, dando o pão e o cálice de água, como símbolos da Nova Aliança e do Reino de Deus, onde Ele reinará como o Príncipe da Paz.

Pode haver algo mais claro? Cristo é um Espirito Solar. Quando o Sol cruzar o Equador, no equinócio, pelo signo do Aguador, manifestar-se-á a Idade Aquária (ou Era de Aquário), na qual a dieta isenta de carne e bebidas fermentadas será uma realidade, propiciando o florescimento do altruísmo. É necessário, portanto, nossa purificação física, moral, mental e espiritual, para servirmos de exemplos marcantes aos demais, conduzindo-os à Grande Luz. RECORDEMOS SEMPRE: QUANTO MAIOR O NOSSO CABEDAL DE CONHECIMENTOS, TANTO MAIOR SERÁ NOSSA RESPONSABILIDADE PELO USO QUE DELE FIZERMOS.

(Por Max Heindel – publicado na Revista Serviço Rosacruz de março de 1972)