cabeçalho4.fw

Perguntas e Respostas

Como ocorre a evolução dos insetos e répteis?

Pergunta: No CONCEITO ROSACRUZ DO COSMOS, eu não encontrei referências a insetos e répteis em evolução. Por favor, quer me esclarecer a respeito?


Resposta:
Não ha muitas referências sobre isso nos ensinamentos da Fraternidade. Mas, no Capítulo XVI - DESENVOLVIMENTO FUTURO E INICIAÇÃO - Os Sete Dias da Criação do CONCEITO, Max Heindel faz alusão aos répteis, que pertencem à quarta divisão do reino animal. "A quarta divisão na escala do reino animal tem quatro subdivisões: peixes, répteis, aves e mamíferos".

Na pergunta 165 do Volume I de FILOSOFIA
ROSACRUZ EM PERGUNTAS E RESPOSTAS, Heindel afirma:

"Sobre insetos e répteis nocivos, pode-se dizer que em muitos casos foram criados e ganharam forma, graças aos nossos maus pensamentos e hábitos impuros. Os répteis de maiores dimensões, como as cobras, não são tão perigosas como imaginamos que sejam. Em alguns templos da Índia, as pessoas que os frequentam mantêm uma atitude de absoluta inofensividade recusando-se a matar ou ferir a mais ínfima expressão de vida. Lá pode se ver um fato cotidiano: cobras venenosas rastejando entre o povo, sem fazer-Ihe nenhum mal. Essas criaturas inferiores logo aprenderão a confiar em nós tão certamente como agora nos as tememos."


Nesta correlação de fatos e idéias, recordamo-nos de uma notícia veiculada recentemente por jornal, envolvendo alguns domesticadores de serpentes da cidade de São Francisco, Califórnia: segundo declararam, elas são inteiramente dóceis.


Talvez não haja mais répteis venenosos, quando as ações e os pensamentos humanos tornarem-se puros e desinteressados.
(P&R da Revista Serviço Rosacruz mar/74 – Fraternidade Rosacruz SP)