cabeçalho4.fw

Perguntas e Respostas

O que acontece com um Alcóolotra no Mundo do Desejo?

Um Alcóolatra no Mundo do Desejo

 Pergunta: Por que um ébrio não pode satisfazer seus desejos nas regiões inferiores do Mundo do Desejo? É mencionado também que os espíritos que estão no Primeiro Céu, localizado nas regiões superiores do Mundo do Desejo, podem plasmar a matéria emocional de acordo com seus desejos e ideias. Por que não podem os alcóolatras fazer o mesmo nas regiões inferiores e criar condições reais de vício, de acordo com seu temperamento?

Resposta: A força de Atração domina soberana as substâncias mais sutis das três regiões superiores do Mundo do Desejo. Mas ela também está presente, até certo ponto, na matéria mais densa das três regiões inferiores, onde age contra a força de Repulsão, ali dominante. A força desintegradora da Repulsão destruiria imediatamente todas as formas que penetrassem nessas regiões inferiores, se não fosse contrabalanceada. Nas regiões mais densas e mais baixas, onde seu poder é enorme, ela dilacera as formas ali construídas de maneira terrível. Ela não é, contudo, uma forçavandálica. Nada na natureza é vandálico.Tudo o que assim parecer está apenas trabalhando para o bem, como acontece com a força de Repulsão em seu trabalho nas regiões inferiores do Mundo do Desejo. As formas ali existentes são criações demoníacas, construídas pelas paixões e desejos mais grosseiros do ser humano.

A tendência de todas as formas existentes no Mundo do Desejo écrescer, e para isso atraem a si tudo oque lhes é de natureza semelhante. Se esta tendência para a atração predominasse nas regiões inferiores, o mal desenvolveria como erva daninha.Haveria, pois, anarquia em lugar de ordem no Cosmos. Isto éobstado pelo poder preponderante da força de Repulsão. Quando uma forma de desejo grosseiro está sendo atraída por outra de mesma natureza, há uma desarmonia em suas vibrações, ocorrendo um efeito mútuo desintegrador. Assim, pois, em lugar de unir e amalgamar mal com mal, elas agem com mútua destrutividade. Dessa maneira o mal no mundo é conservado dentro de limites razoáveis. Quando entendermos a obra dessas forças gêmeas poderemos compreender a máxima oculta: “Uma mentira éassassina e suicida no Mundo do Desejo”. Os alcóolatras que estão no Mundo do Desejo tentam, na realidade, elaborar as bebidas de que necessitam, pois sabem que a possível plasmar a matéria de desejos naquilo que eles queiram. Mas, todos declaram unanimamente, que as bebidas fortes que fabricam dessa maneira, não lhes dão satisfação.

Elas podem imitar perfeitamente o gosto, mas não tem o poder de deixá-los bêbados. O máximo que podem fazer, a fim de terem a sensação de estarem embriagados, é introduzirem-se nos corpos dos bêbados que ainda estão no Mundo Físico. Estão, pois, frequentemente visitando bares e botequins, e esforçando-se por induzir os frequentadores desses lugares a consumir doses excessivas de bebidas alcóolicas.

Eles também dizem sentir grande satisfação ao aspirar os odores dos corpos físicos dos ébrios. E quanto mais pesada e acre for a atmosfera dos botequins, tanto mais satisfação eles obtêm. Se os pobres coitados que visitam tais lugares pudessem ver a tática repugnante dos réprobos invisíveis que os rondam, certamente despertariam, e isso seria um auxílio para todos os que não tivessem ido demasiadamente longe. Mas, graças a Deus (tanto pelos alcóolatras visíveis quanto pelos invisíveis) é impossível criar um antro de vício usando a matéria de desejos, pois a força de Repulsão a destruiria tão logo fosse criada.

 

(Revista Rosacruz – 11/74 – Rays from the Rose Cross)