cabeçalho4.fw

Perguntas e Respostas

Creem os Rosacruzes no Renascimento e na Lei de Consequência? Por que?

RENASCIMENTO E LEI DE CONSEQUÊNCIA

 

Pergunta: Creem os Rosacruzes no renascimento e na Lei de Consequência? Por quê?

Resposta: No capítulo 17 de Mateus, versículos 11, 12 e 13, Cristo Jesus deu a Seus discípulos uma demonstração maravilhosa da realidade do renascimento.

Depois de sua transfiguração, Ele disse claramente que Elias já havia vindo e os discípulos entenderam que houvera feito referência a João Batista. O oitavo capítulo de Jó e na última parte do capitulo 19 nos falam do renascimento.

Os Rosacruzes ensinam que todas as causas postas em ação em uma vida não podem amadurecer em uma só existência e que todas as coisas devem alcançar um estado de frutificação:

"O que o homem semear, isso mesmo colherá". Este é um dos ensinamentos bíblicos de que o ser humano deve colher suas mesmas segas das sementes de que semeou, sejam boas ou más. Por conseguinte, cada indivíduo passa por um número de vidas terrestres durante as quais constrói o caráter. É neste estado de sua vida que goza dos frutos de sua passada construção, ou sofre resultado de suas más ações.

Cada vida é um dia de escola, na qual o espírito aprende suas lições. É dito no Gênesis que Deus fez o ser humano à Sua própria imagem; se o ser humano foi divinamente concebido, também deve chegar a ser tão sábio como o Pai que o criou. Naturalmente isto não pode realizar-se a cabo de uma vida. Mas é necessário um lento processo de evolução para elevar o ser humano desde uma diminuta chispa de divindade, a ser tão sábio e onisciente como seu Pai Celestial. (P&R da Revista Serviço Rosacruz fev/78 – Fraternidade Rosacruz SP)