cabeçalho4.fw

Perguntas e Respostas

Em sua explicação esotérica da ópera TANNHAUSER, o senhor diz que o homem deve encontrar a mulher dentro de si. O que isso significa?

Pergunta: Em sua explicação esotérica da ópera TANNHAUSER, o senhor diz que o homem deve encontrar a mulher dentro de si. O que isso significa?

Resposta: É ensinado tanto na Bíblia como esotericamente, que houve um tempo em que a humanidade era macho-fêmea, hermafrodita ou bissexual. Naquela época, cada um era capaz de perpetuar a espécie sem o auxílio de ninguém mais. O homem era, então, uma unidade completa em si, capaz de autofecundação. Não obstante, para que o corpo se tornasse um perfeito veículo para o Espírito, era necessário que se desenvolvesse um cérebro e uma laringe para que o ser humano pudesse pensar e expressar-se através da palavra. Para esse fim, dirigiu-se a metade da força criadora para cima para construir esses órgãos, capacitando o ser humano a voltar a sua consciência criadora para fora, povoando o mundo com criações de sua fantasia tais como podemos ver manifestadas sob a forma de navios, casas, ferrovias, telefones, e todas as outras coisas elaboradas pela mão do ser humano, e que foram primeiro concebidas em pensamento e, em seguida, concretizadas neste mundo físico.

O ser humano tornou-se, assim, um criador em dois planos, o físico e o mental, mas todos nós sabemos que não é possível fazer um circuito elétrico com um fio só. Temos que ter dois de polaridades opostas, e quando metade da força criadora foi desviada para o cérebro, só a outra metade permaneceu disponível para a procriação. Desse modo, o ser humano cessou de ser uma unidade criadora completa e dependeu de alguém mais para suprir a parte da força que lhe faltava, fosse ela positiva ou negativa, masculina ou feminina. Desde então, a dor, o pecado e a amargura invadiram o mundo e ficamos sob o domínio da morte. Não obstante, com o tempo, a humanidade aprenderá a enviar a outra metade da força criadora para cima através da medula espinhal em direção ao cérebro, que se tornará, então, bipolar.

Nessa época, usaremos ambos os hemisférios do nosso cérebro e não apenas um, como acontece atualmente.

Quando esse dia chegar, o homem terá encontrado a mulher dentro de si, e a mulher terá encontrado o homem dentro de si. Não será mais necessário encontrar um companheiro a fim de perpetuar os nossos corpos, pois seremos capazes de conceber em nosso cérebro um veículo adequado à nossa forma de expressão e concretizá-lo, da mesma maneira como agora damos forma física às nossas ideias. É por meio desse poder que os Adeptos perpetuam sua existência física e criam um novo corpo antes de abandonar o antigo, mas eles têm duas medulas espinhais e usam ambos os hemisférios do cérebro.

(Perg. 83 do Livro Filosofia Rosacruz em Perguntas e Respostas – Vol. II – Max Heindel –Fraternidade Rosacruz SP)