cabeçalho4.fw

Perguntas e Respostas

Por que a matança nas Grandes Guerras Mundiais não gerou enfermidades desastrosas engendradas pela obsessão e pelos crimes sugeridos?

Pergunta: Por que a matança nas Grandes Guerras Mundiais não gerou enfermidades desastrosas engendradas pela obsessão e pelos crimes sugeridos?

Resposta: "Max Heindel esteve em uma época muito preocupado sobre o efeito que a guerra (no caso a 1ª Grande Guerra) pudesse ter referente à união estreita do Corpo Vital e do Corpo de Desejos, produzindo o nascimento de legiões de monstros que afligiriam as gerações futuras. Mas é com mais alegria e agradecimento que ele se ficou comprazido em verificar que não precisamos ficar temerosos por isso.
Unicamente quando o ser humano é perverso e vingativo premeditadamente, e com persistência anela a ocasião e o propósito de vingança, somente quando tais sentimentos são cultivados, estimulados e mantidos produzem a cristalização do Corpo Vital e causam a ligação destes dois veículos

Sabemos, por registros da grande guerra, que as tropas não tinham sentimentos semelhantes umas contra as outras, mas que esses inimigos se relacionam como amigos e camaradas, quando a ocasião lhes leva a entrar em relação e podem conversar uns com os outros.

Assim, pois, ainda que a guerra é responsável por uma grande mortandade atual, que acarretará uma deplorável mortalidade infantil no futuro próximo, não merece temores com respeito às enfermidades desastrosas engendradas pela obsessão e pelos crimes sugeridos por estes corpos demoníacos pecadores".

(Teia do Destino – Max Heindel)