cabeçalho4.fw

O Subliminar ou Subconsciente

O Subliminar ou Subconsciente

Quando a pessoa assiste a um programa de TV ou cinema, ou ouve boa música, ou mesmo está guiando há muito tempo, fica num estado parecido com aquele entre a vigília e o sono chamado hipnogógico, em que “o sono vem vindo”.

Nesse estado, o subconsciente está mais acessível; as sugestões o alcançam melhor. Por isso, se essas sugestões forem bem-feitas, podem dar bons resultados.

Se a mãe murmurar para o filho que ele prefere não roer as unhas, isso pode bastar para livrá-lo da onicofagia. Na propaganda, isso é uma arma.

Conta-se que a BBC de Londres teria feito experiências assim.

Diz-se, também, que num cinema se teria projetado rapidamente propaganda e os espectadores, depois, esgotaram o estoque do produto anunciado.

Já pensou isso usado para instigar povos à guerra? Que desastre?

Evidentemente a sugestão deve ser usada para o bem, nada mais. As pessoas podem aprender a ficar nesse transe hipnótico, por si mesmas, dando-se então sugestões positivas, como a de que pode deixar de fumar, deixar de beber álcool, deixar de comer certos alimentos que não se coadunam com a sua dieta, deixar de comer certos alimentos que engordam e sugestões para outras finalidades, enfim.

Tais propósitos, bem formulados, dão bons resultados. É a auto-hipnose.

Há entre nós uma estação de rádio que transmite música. De quando em vez, dá mensagens positivas.

“Você está se sentindo melhor, mais disposto, está ouvindo música”, isso contribui para o bem-estar da população.

No trabalho pode haver música de fundo, em certos casos. No estudo isso pode ajudar ou não, conforme o caso.

Seria bom que no trabalho houvesse mensagens periódicas positivas, animadoras. Isso daria bons resultados. Nos intervalos, os empregados deveriam aproveitar o descanso com técnica, aprendendo o “relax” de Jacobson, a autossugestão de Coué.

Em outros países, já há preguiçosas em fábricas para o descanso racional. Isso é recomendável, para trabalhadores e empresários. Todavia, tais técnicas exigem orientação adequada pelo psicólogo competente.

O perigo é haver sugestões negativas. É o risco de certas campanhas. Agora, por exemplo, que se faz movimento contra o barulho, a poluição, os tóxicos, os acidentes, corre-se o risco de contribuir-se para o próprio mal que se combate, salientando-o demais, criando verdadeira neurose.

É claro que as cidades, os carros, as fábricas poluem. Mas, não podemos voltar-nos contra tais agentes, sonhar com a volta à natureza. Temos que apoiar a tecnologia, que é ela que nos ajudará a vencer a poluição.

Afinal, as cidades são meios de progresso, os carros meios úteis de transporte, as fábricas meios de trabalho e de riqueza. Temos de saber dos males que há, mas sem pânico. Combatê-los por meios adequados, não com atitudes emocionais. Daí o erro de certas campanhas que a título de conscientizar a população, causa-lhe mal maior ainda.

Se Saturno estiver no horóscopo na 3ª Casa aspectado adversamente (Quadraturas, Oposições e/ou algumas Conjunções) indica que o nativo é cheio de preconceitos, não sabe se relacionar, taciturno, devido às derrotas sofridas noutras vidas. Terá que se transformar, mudar a forma de caráter e para isso deverá fazer o exercício de Retrospecção, deve ver-se desde o momento em que faz o exercício, retrocedendo sempre até a sua infância, até onde possa alcançar. Noutras vidas não pode penetrar porque é posto um véu naquilo que fizemos de bom ou de mau, para não nos derrotar ainda mais nesta vida. Porém, devemos perdoar e amar sempre. Mesmo alguma recordação desta vida pode ser apagada, amando e perdoando. Imaginai-vos retrocedendo até ao ponto em que alguém vos fez sofrer muito. Então trazei à consciência de vigília o fato e pensando que foi talvez por imperfeição da outra parte, ou talvez mesmo por vossa culpa, perdoai a pessoa e no mesmo instante estareis livres, para sempre.

Assim, o vosso átomo-semente do coração ficará branco, sem mácula, como uma gema branca e assim evitareis o Purgatório, avançando no tempo que não precisais perder, progredindo animicamente.

Os psicólogos dividem o círculo da Mente em três partes para demonstrar a grandeza da manifestação, neste mundo, do consciente, do subconsciente e do superconsciente.

O ser humano usa apenas 17% do seu poder mental, falta-lhe usar 83%, porque é vítima da inércia, da preguiça mental.

O subconsciente é como um computador eletrônico; aquilo que nele for programado, invariavelmente ele manifestará.

Os obstáculos foram feitos para serem suplantados ou contornados. É preciso saber pensar, agir, discernir.

Enfrentar a vida real como ela é.

A paz de espírito se consegue com lutas.

Para se realizar alguma cousa útil, não basta afirmar positivamente, tão somente, é preciso ter motivação.

Aqueles que vencem pela fraude não têm fibra, não são um V E N C E D O R, é impotência psíquica.

Renúncia do que não presta, conquista do que queremos ser. É o Poder.

Conquista a tua vitória, ou o Ser Humano Superior.

Encara a realidade como ela é.

Deve-se refletir o poder do Pai dentro de si e vencer todos os obstáculos. É preciso enfrentar a neurose de frente e ela fenece, se extingue.

A Mente una com o Cristo Interno não se perturba com nada, não tem medo de seres desta ou de outra dimensão. Aquele que se julga incapaz para um trabalho é porque cresceu como um bebê. Acredite em si próprio, assim liberta o seu subconsciente e resolve o problema. O entrave é seu próprio, é poder mental enclausurado. Aprenda a condicionar-se permanentemente durante a vida, para saber vencer.

Derreta a forma indesejada que és;

e com o mesmo material deves fundir outra estátua ou forma perfeita e depois esfrie.

(Publicado na revista ‘Serviço Rosacruz’ – 10/78)