cabeçalho4.fw

Caminho da Iniciação: Apresentação no Templo

Caminho da Iniciação: Apresentação no Templo

"Concluídos os dias da sua purificação segundo a Lei de Moisés, levaram-no ao Templo em Jerusalém para o apresentar ao Senhor, conforme o que está escrito na lei do Senhor: Todo primogênito do sexo masculino será consagrado ao Senhor (Ex 13,2)

Ora, havia em Jerusalém um homem chamado Simeão. Este homem, justo e piedoso, esperava a consolação de Israel, e o Espírito Santo estava nele. Fora-lhe revelado pelo Espírito Santo que não morreria sem primeiro ver o Cristo do Senhor. Impelido pelo Espírito Santo, foi ao templo.

E tendo os pais apresentado o menino Jesus, para cumprirem a respeito dele os preceitos da lei, tomou-o em seus braços e louvou a Deus nestes termos:

'Agora, Senhor, deixai o vosso servo ir em paz, segundo a vossa palavra.

Porque os meus olhos viram a vossa salvação que preparastes diante de todos os povos, como luz para iluminar as nações, e para a glória de vosso povo de Israel'.

Seu pai e sua mãe estavam admirados das coisas que dele se diziam.

Simeão abençoou-os e disse a Maria, sua mãe: 'Eis que este menino está destinado a ser uma causa de queda e de soerguimento para muitos homens em Israel, e a ser um sinal que provocará contradições, a fim de serem revelados os pensamentos de muitos corações. E uma espada transpassará a tua alma'.
Havia também uma profetisa chamada Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser; era de idade avançada. Depois de ter vivido sete anos com seu marido desde a sua virgindade, ficara viúva, e agora com oitenta e quatro anos não se apartava do templo, servindo a Deus noite e dia em jejuns e orações. Chegando ela à mesma hora, louvava a Deus e falava de Jesus a todos aqueles que em Jerusalém esperavam a libertação. (Lc 2; 1-38)

Templo aqui significa Templo: Lugar de dedicação; Lugar onde aquele que quer percorrer o Caminho da Iniciação vai meditar e orar. Enquanto estamos na "senda da preparação" e não conseguimos "fazer do nosso corpo um Templo total", frequentemos templos solares com egrégora estabelecida.

A Benção Sacerdotal Masculina (força masculina)é simbolizada por Simeão.

A Benção Sacerdotal Feminina (força feminina) é simbolizada por Ana.

É a nossa Consagração a uma vida de Servir. Ou seja: processo de dedicação constante e cotidiana: em sempre servir aos outros, amorosa e desinteressadamente.Como consequência temos a força do nosso Cristo Interno: vivificada, fortalecida e aumentada.

(Leia mais sobre esse assunto nos livros: Ao longo do Ano com Maria; Capítulo V - A Bíblia: O Maravilhoso Livro das Épocas- Corinne Heline; Ritual do Serviço de Natal; Iniciação Antiga e Moderna – A Anunciação e a Imaculada Concepção – Fraternidade Rosacruz)