cabeçalho4.fw

A Ifluência de Seres mais que Interplanetários

A Influência de Seres mais que Interplanetários

No princípio desse Grande Dia de Manifestação, Deus nos diferenciou dentro de si mesmo e nos deu o nome de Espíritos Virginais. Por isso que se diz que: “Em Deus vivemos, nos movemos e temos o nosso ser”

Como lemos em Gen, 1, 26: “Os Elohim disseram: ‘Façamos o homem à nossa imagem e segundo nossa semelhança’ “

Com isso, todas as qualidades de Deus estão contidas em cada um de nós, ainda que latentes. Além delas também há um atributo importante de Deus contido em cada um de nós: o germe da vontade que torna possível originarmos novas causas, exercitando nosso poder criador. Assim, durante a Evolução essas qualidades latentes vão se transformando em poderes dinâmicos,  enquanto que a vontade independente produz a chamada Epigênese, a qual dá a Evolução algo mais que o simples desdobramento ou desenvolvimento de qualidades latentes.

Deus, nosso criador, é Uno. É assim que ele se apresenta no Seu mundo, o Mundo de Deus. Quando deseja se manifestar torna-se Trino, torna-se Tríplice: Vontade, Sabedoria e Atividade.

Como nós fomos criados à Sua imagem e semelhança, também, quando não manifestado, somos uno: um Espírito Virginal. É assim que nos apresentamos no nosso mundo, o Mundo dos Espíritos Virginais, no nosso Plano Cósmico, o primeiro Mundo logo abaixo do Mundo de Deus (veja detalhes nos diagramas 6 e 14 do Livro Conceito Rosacruz do Cosmos)

Quando nos manifestamos, tornamo-nos Tríplice:

  • Espírito Divino, imagem e semelhança da Vontade – Deus  Pai.
  • Espírito de Vida, imagem e semelhança da Sabedoria – Deus Filho.
  • Espírito Humano, imagem e semelhança da Atividade – Deus Espírito Santo.

Deus se manifesta na criação. Criando os Mundos e tudo que neles há. Diferenciando dentro de Si tudo que hoje existe. Mundos esses que são campos de oportunidade de evolução para as infinitas formas de vida. Ele é o Macro e o Microcosmo.

Nós, criados a Sua imagem e semelhança, mas como Deuses em formação, nos manifestamos na peregrinação pelos diversos Mundos que ele criou.

Como diz Paulo em Rom 8, 16,17: “... somos filhos de Deus. E, se filhos, também herdeiros: herdeiros de Deus”. Somos o microcosmos.

Diz uma lenda que quando Deus criou os Mundos, disse aos Espíritos Virginais: “Meus filhos, eis a nossa morada. Percorra-a e conheça tudo que nela há. Pois Eu a fiz para vocês”. E nós, filhos obedientes e cheios de gratidão, iniciamos a nossa peregrinação.

Lógico que em nosso Mundo (Mundo dos Espíritos Virginais) estávamos melhor acomodados. Tínhamos a consciência divina. Mas não a consciência do eu, de indivíduos separados. Éramos omniscientes como Deus, mas não conscientes de nós mesmos.

Deus tem essa consciência individual. A consciência de diferenciar Ele de outro Deus de outro Sistema Solar. E aqui encontramos o objetivo dessa peregrinação pelos Mundos que Deus nos criou: tornarmo-nos conscientes de nós mesmos, como indivíduos separados. Convertendo-nos, Espíritos Virginais, em Seres Humanos e depois em Deuses.

Afinal, como disse Paulo: “Não sabeis que sois Deus em formação?”

Mas, em que se consiste essa peregrinação?

Simplesmente, na nossa passagem pelos cinco mundos mais densos situados logo abaixo do nosso mundo, o Mundo dos Espíritos Virginais.

E quais são eles?

¨      Mundo do Espírito Divino

¨      Mundo do Espírito de Vida

¨      Mundo do Pensamento

¨      Mundo do Desejo

¨      Mundo Físico

A passagem por esses mundos tem como objetivo:

1.      conhecermos como eles funcionam,

2.      conhecermos para que servem,

3.      conhecermos quais são as leis que os regem

E, principalmente, para mostrarmos ao nosso Deus, nosso criador, a gratidão que o temos por nos dar essa oportunidade de evolução.

Ora, para podermos passar por cada um desses Mundos existe uma Lei Cósmica que diz:

“Nenhum ser, por mais elevado que seja, pode funcionar em qualquer mundo sem um veículo construído com material desse mundo”

Está aqui o motivo da cessão dos Corpos Vital e Denso de Jesus para que Cristo pudesse aparecer entre nós.

Assim, tínhamos que ter um veículo construído com material de cada um desses mundos.

Então, vejamos:

¨      Para o Mundo do Espírito Divino, temos a nossa expressão como Espírito Tríplice: o veículo Espírito Divino

¨      Para o Mundo do Espírito de Vida, temos a nossa expressão como Espírito Tríplice: o veículo Espírito de Vida

¨      Para o Mundo do Pensamento, temos a nossa expressão como Espírito Tríplice: o veículo Espírito Humano

Mas, e para os Mundos do Desejo e Físico?

Não tínhamos veículos próprios. Além disso, não sabíamos como construí-los. Tudo bem, tínhamos veículos para os Mundos do Espírito Divino, de Vida e Humano, mas não sabíamos como trabalhar lá. E o que dizer dos Mundos do Desejo e Físico que nem veículos tínhamos ?

Aqui entra a regra de ouro que permeia toda a evolução em todo o Universo: “O Serviço amoroso e desinteressado para com os outros”.

Em outras palavras: desde o início de tudo fomos ajudados, de um modo que sem essa ajuda não teríamos consições sequer de  começar. Desde aqui começa a nossa ingratidão. Pois se estivéssemos conscientes da imensa importância dessa ajuda, o serviço amoroso e desinteressado seria praticado em nossas vidas como um hábito qualquer, sem a necessidade do mais mínimo esforço, mas... um dia aprenderemos.

Afinal, quem nos ajudou??

Como sempre acontece nessas horas, em qualquer esquema de evolução, seres mais superiores na escala evolutiva que nós.

Na terminologia Rosacruz esses seres são conhecidos como:

¨      Hierarquias Divinas ou Hierarquias Criadoras

¨      Ou Jerarquias Divinas ou Jerarquias Criadoras

Primeiro, penetramos no Mundo do Espírito Divino. Lembrem-se, já tínhamos o veículo: o Espírito Divino. Faltava somente saber como utilizá-lo. Afinal não sabíamos como se manifestar.

Aí apareceu a primeira Hierarquia Criadora, chamada Senhores da Chama. Assim chamados devido:

¨      à brilhante luminosidade dos seus corpos

¨      aos seus grandes poderes espirituais

Encontramos na Bíblia com o nome de Tronos na Epístola de São Paulo aos Colossenses 1, 16.

Emitindo uma fortíssima luz dos seus corpos, projetavam suas imagens sobre a superfície desse nosso planeta Terra. E através dessas projeções implantou na nossa vida evolucionante o átomo-semente do nosso Corpo Físico. Através desse átomo-semente é que podemos agregar os materiais dessa Região Química do Mundo Físico (sólidos, líquidos e gasosos) e, assim construir um Corpo Físico ou um Corpo Denso.

Portanto, devemos a possibilidade de construir um Corpo Físico a Hierarquia Criadora dos Senhores da Chama.

Mas, eles fizeram mais.  Foram eles que nos ajudaram:

¨      a penetrar no Mundo do Espírito Divino

¨      a despertar o nosso veículo Espírito Divino, para podermos funcionar nesse Mundo

Está aqui o porque da relação entre o Espírito Divino e o Corpo Físico.

Depois, penetramos no Mundo do Espírito de Vida. Lembrem-se, já tínhamos o veículo: o Espírito de Vida. Faltava somente saber como utilizá-lo. Afinal não sabíamos como se manifestar.

Então apareceu a segunda Hierarquia Criadora, chamada Senhores da Sabedoria.

Encontramos na Bíblia com o nome de Dominações na Epístola de São Paulo aos Colossenses 1, 16.

Emitindo uma fortíssima sugestão dos seus corpos, projetavam suas imagens sobre  a superfície desse nosso planeta Terra. E através dessas projeções implantou na nossa vida evolucionante o átomo-semente do nosso Corpo Vital. Através desse átomo-semente é que podemos agregar os materiais dessa Região Etérica do Mundo Físico (éter químico, de vida, luminoso e refletor) e, assim construir um Corpo Vital.

Portanto, devemos a possibilidade de construir um Corpo Vital a Hierarquia Criadora dos Senhores da Sabedoria.

Agora, nesse momento, tínhamos, também que ser ajudados para despertar o nosso veículo Espírito de Vida.

Para isso, recebemos ajuda de outra Hierarquia:  são conhecidos como Querubins, seres mais desenvolvidos que os Senhores da Chama e os Senhores da Sabedoria.

Foram eles que nos ajudaram a:

¨      a penetrar no Mundo do Espírito de Vida

¨      a despertar o nosso veículo Espírito de Vida, para podermos funcionar nesse Mundo

Está aqui o porque da relação entre o Espírito de Vida e o Corpo Vital.

Está aqui, também, porque foram os Querubins que se prostraram na porta do Jardim do Éden quando fomos de lá expulsos.

Como lemos em Gen 3,23-24:

“O Senhor Deus expulsou-o do jardim do Éden, para que ele cultivasse a terra donde tinha sido tirado. E expulsou-o; e colocou ao oriente do jardim do Éden Querubins armados de uma espada flamejante, para guardar o caminho da árvore da vida”

Em seguida, penetramos no Mundo do Espírito Humano. Lembrem-se, já tínhamos o veículo: o Espírito Humano. Faltava somente saber como utilizá-lo. Afinal não sabíamos como se manifestar.

Então apareceu outra Hierarquia Criadora, chamada Senhores da Individualidade.

Encontramos na Bíblia com o nome de Virtudes na Epístola de São Paulo aos Colossenses 1, 16.

Emitindo a substância formadora dos seus corpos, implantou na nossa vida evolucionante o átomo-semente do nosso Corpo de Desejos. Através desse átomo-semente é que podemos agregar os materiais do Mundo do Desejo (emoções, sentimentos, desejos) e, assim construir um Corpo de Desejos.

Portanto, devemos a possibilidade de construir um Corpo de Desejos a Hierarquia Criadora dos Senhores da Individualidade.

Agora, nesse momento, tínhamos, também que sermos ajudados para despertar o nosso veículo Espírito Humano.

Para isso, recebemos a ajuda de outra Hierarquia: são conhecidos como Serafins, seres mais desenvolvidos que os Senhores da Chama, Senhores da Sabedoria e Senhores da Individualidade.

Foram eles que nos ajudaram a:

¨      a penetrar no Mundo do Pensamento, mais precisamente: na Região do Pensamento Abstrato

¨      a despertar o nosso veículo Espírito Humano, para podermos funcionar nesse Mundo

Está aqui o porque da relação entre o Espírito Humano e o Corpo de Desejos.

Daqui por diante perdemos definitivamente a nossa omnisciência. Nos vimos forçados a dirigir a nossa consciência para dentro, ali encontrando-nos separados e à parte de todos os outros.

E foi assim que nos vimos encerrados dentro de um tríplice véu.

O véu externo, o Espírito Humano, cerrou a consciência ao sentimento da unidade da Vida convertendo-nos em Ego, seres separados, prontos para sermos indivíduos.

Até esse ponto o que tínhamos para funcionar?

·         Um Corpo Denso ou Físico

·         Um Corpo Vital

·         Um Corpo de Desejos

·         Um Espírito Divino

·         Um Espírito de Vida

·         Um Espírito Humano

Ainda tínhamos mais uma região para penetrarmos: a Região concreta do Mundo do Pensamento.

Percebam que essa Região é que liga os Mundos Inferiores:

·         Região Química do Mundo Físico

·         Região Etérica do Mundo Físico

·         Mundo do Desejo

Aos Mundos Superiores:

·         Mundo do Espírito Divino

·         Mundo do Espírito de Vida

·         Mundo do Espírito Humano

Então apareceu outra Hierarquia Criadora, chamada Senhores da Mente.

Encontramos na Bíblia com o nome de Poderes das Trevas na Epístola de São Paulo aos Colossenses 1, 16.

Nesse nosso Período Terrestre, essa Hierarquia alcançou o estado de Criador, um Deus Criador.

Emitindo a substância formadora dos seus corpos, implantou na nossa vida evolucionante o átomo-semente da nossa Mente. Através desse átomo-semente é que podemos agregar os materiais da Região Concreta do Mundo do Pensamento (Pensamentos, idéias, arquétipos) e, assim construir uma Mente.

Portanto, devemos a possibilidade de construir um Corpo Mental a Hierarquia Criadora dos Senhores da Mente.

Com a Mente (tornamo- nos capazes de focalizar) podemos focalizar (nossos propósitos ou objetivos, enquanto EGOS, em nossos veículos mais densos? Sugestão de acrécimo de referência Diagrama 1 do conceito) nos nossos veículos mais densos, pois precisávamos de algo que unisse o nosso Tríplice Espírito a esse Tríplice Corpo. Ela é o meio de união entre a Personalidade e o Ego

E, assim, graças a um belo Serviço amoroso e desinteressado (podemos agora evoluir) estamos aqui podendo evoluir, construir a nossa Alma, fruto do nosso trabalho no nosso tríplice corpo.

Graças a esse serviço prestado é que podemos ter o exemplo a seguir de (temo um exemplo a seguir:): o Serviço Amoroso e desinteressado para com os outros é o caminho mais curto, mais seguro e o mais agradável que nos conduz a Deus.

Ah! E que fim deram essas Hierarquias?

·         Os Senhores da Chama, os Querubins e os Serafins elevaram-se da existência limitada à libertação

·         Os Senhores da Sabedoria, que nos ajudaram com o nosso Espírito de Vida, evoluiram e  nos ajudam até hoje desenvolvendo o nosso veículo Espírito Divino

·         Os Senhores da Individualidade, que nos ajudaram com o nosso Espírito de Humano, evoluiram e nos ajudam até hoje desenvolvendo o nosso veículo Espírito de Vida

·         Outra Hierarquia apareceu, conhecida como Senhores da Forma, e nos ajudam até hoje desenvolvendo o nosso veículo Espírito Humano

·         Os Senhores da Mente continuam nos ajudando nesse veículo mais recente, a Mente

·         O nosso Corpo de Desejos, dado pelos Senhores da Individualidade, são objetos de ajuda da Hierarquia Criadora dos Arcanjos

·         E o nosso Corpo de Vital, dado pelos Senhores da Sabedoria, são objetos de ajuda da Hierarquia Criadora dos Anjos

Faltou um veículo. Qual? O Corpo Denso ou Físico.

Pois é, qual a Hierarquia que está nos ajudando, nessa especialização de um corpo formado por sólidos, líquidos e gases ?

A Hierarquia Criadora dos Espíritos Virginais, ou seja, nós mesmos!

E por que?

Porque o mesmo serviço amoroso e desinteressado que todos esses Seres mais que Interplanetários nos prestaram nós, também, estamos e sempre devemos prestar a todos os seres que necessitarem de Corpos Físicos para evoluir.

Em particular, nesse momento do atual Esquema de Evolução, o reino de vida mineral.

Ou seja, nessa Esquema de Evolução estamos nos desenvolvendo para sermos especialistas em construção e utilização de corpos formados de matéria da Região Química do Mundo Físico, de modo a poder ajudar ondas de vida que necessitam desse corpo para se manifestar nessa Região. Do mesmo modo que:

·         Anjos são especialistas em corpos formados de matéria da Região Etérica do Mundo Físico

·         Arcanjos são especialistas em corpos formados de matéria do Mundo do Desejo

·         Senhores da Mente são especialistas em corpos formados de matéria da Região Concreta do Mundo do Pensamento

·         E assim por diante

                                                                       QUE AS ROSAS FLORESÇAM EM VOSSA CRUZ