cabeçalho4.fw

Alma, Corpo-Alma e Desenvolvimento da Alma

Alma, Corpo-Alma e Desenvolvimento da Alma

Aquele que deseja servir como Auxiliar Invisível deve, durante o dia, cultivar uma atitude benevolente, e, à noite, ao se deitar, depois de feito o exercício de Retrospecção, rogar ao Adorável Espírito de Cristo, que enquanto o seu corpo repousar dormindo, lhe seja concedida a graça de cooperar na Seara espiritual em benefício dos seus semelhantes.

1) O Corpo-Alma não é um extrato, como o é a Alma. É um dos veículos do Espírito, ou um dos seus Corpos. É composto dos dois Éteres Superiores do Corpo Vital: Éter Luminoso e Éter Refletor. O Corpo-Alma é construído por meio de uma vida abnegada de Amor e Serviço em favor da humanidade. Essa vida abnegada é que atrai e aumenta os Éteres Superiores. Com a união do Pensamento, poder do Amor, a ação correta e da constante repetição estamos realmente construindo e revestindo-nos com o Dourado Traje Nupcial, o qual ainda não pode ser visto pela maioria dos olhos mortais. Nenhum conceito humano nos pode dar uma ideia aproximada do que é o Corpo-Alma.

2) A Alma é a quinta-essência dos três veículos inferiores e as experiências adquiridas por esses instrumentos nos seus aspectos de retidão no pensar e no agir. Essa quinta-essência é extraída pelo nosso Espírito. Uma das mais maravilhosas experiências da vida para a Alma é quando despertamos a grande verdade de expressar o Divino Interno, que é a verdadeira finalidade de nossa vida terrena, e para expressá-Lo é necessário cultivarmos a ação que é o alimento para o crescimento da Alma.

3) Vemos, pois, que a Alma se atrofia quando deixamos de alimentá-la, e que as ações bondosas, pensamentos de amor e serviço aos outros são o alimento para o crescimento dela. A ação tem três principais campos de operação, ainda que ela derivasse seu poder do Espírito por raios de energia. A ação no plano mental é o pensamento, a ação na natureza emocional é o sentimento, a emoção, a paixão e o desejo, a ação na natureza física é movimento com o propósito de alcançar todas as relações da vida. O propósito de cada ato, seja mental, emocional ou físico, é induzido pelos pares de opostos como o Amor e o ódio, Altruísmo e egoísmo, generosidade e avareza, atividade e indolência etc., e seu fruto é incorporado na alma, como consciência, que nos avisa em tempo de tentação ou nos provê do dinamismo para tudo quanta é Bom, Reto e Altruísta.

4) Há em todas as pessoas duas naturezas inteligentes e distintas, chamadas o Eu Superior e o eu inferior, ou Individualidade e Personalidade. O Eu Superior ou Individualidade do ser humano completo está feito do Tríplice Espirito - Divino, de Vida e Humano, juntamente com a Tríplice Alma - Alma Consciente, Emocional e Intelectual. Enquanto a personalidade, ou eu inferior, é feita dos quatro Corpos - Denso, Vital, de Desejos e veículo Mente. O Elo entre a Individualidade e a personalidade é a Mente. Quando a pessoa responde ao impulso do Eu Superior, renuncia ao que lhe é cômodo e útil a favor do que seja proveitoso a muitos. Antepõe o Serviço de Deus a todos os valores materiais. Busca em todas as coisas e em tudo os valores eternos. Porém, quando na pessoa prevalece o eu inferior ou personalidade, a renúncia lhe é desagradável, prefere mais receber ao que dar, cuida mais dos bens materiais e transitórios do que dos espirituais, e o resultado é um grande obstáculo ao desenvolvimento espiritual.

5) Sim, é algo bastante deplorável encontrar-se algum espírito em um estado de inércia durante inconcebíveis milhares de anos, até que, em uma nova evolução, chegue ao estado de unir-se ao ciclo evolutivo e prosseguir em sua tarefa.

6) Conforme nos ensina Max Heindel por meio do Conceito Rosacruz do Cosmos, unicamente três quintas partes do número total de Espíritos Virginais que começaram a evolução no Período de Saturno passarão o ponto crítico da próxima evolução e continuarão até ao fim.

7) Queridas Irmãs e prezados Irmãos, a finalidade da Fraternidade Rosacruz é nos mostrar o caminho da iluminação para nos ajudar a construirmos nosso Corpo-Alma e desenvolvermos as potências de nossa Alma que nos permitirão entrar conscientemente no Reino de Deus e obter o conhecimento direto. É uma longa tarefa, porém se continuarmos com fé e persistente perseverança alcançaremos o Nosso Divino Objetivo.

(Revista 'Serviço Rosacruz' – 04/83 – Fraternidade Rosacruz – SP)