cabeçalho4.fw

A doença é consequência do pensar e do agir erroneamente

A doença é consequência do pensar e do agir erroneamente

"O pensamento, o sentimento e/ou a emoção mais superficiais são transmitidos aos pulmões, de onde são injetados no sangue. O sangue é o nutridor de todas as partes do Corpo e o veículo direto do Ego".

A meditação a respeito das verdades que se relacionam com essas afirmações leva a uma realização iluminadora de vital importância no pensamento construtivo. Realmente nós nos tornamos aquilo em que pensamos, tanto fisicamente como espiritualmente. Nossos pensamentos tornam-se cristalizados, por assim dizer, em nossa expressão facial e na totalidade de nossa forma física. Nosso ambiente, nossos companheiros também são reflexos da nossa linha habitual de pensamento. Obviamente, se desejarmos ter corpos saudáveis, devemos injetar em nossa corrente sanguínea elevados pensamentos e emoções. Cada pensamento possui um poder vibratório, dependente da força de vontade que o emitiu, tornando-se parte do conjunto de nosso poder áurico. Atrai para si material de idêntica natureza de forma que, nessa manifestação da Lei de Atração, temos a chave do pensar em saúde. Quanto mais pensamos no bem, na verdade e na beleza mais fortaleceremos o elemento saúde-atração em nossa aura e, portanto, mais injetaremos saúde em nossa corrente sanguínea e daí em nossos tecidos.

A doença, sabemos, é consequência do pensar e do agir erroneamente; desatendendo às imutáveis Leis de Deus.

Esse "mal", como quaisquer outros, pode ser sobrepujado com o "bem". Ignorando qualquer mal aparente; tratando com ele dentro de uma atitude impessoal ou indiferente e enfatizando pensamentos bondosos e superiores, beneficiaremos nossos Corpos e ambientes, tão certamente como a lei de gravidade opera com incessante regularidade.

Realmente, podemos criar tal força para o bem; pelos esforços constantes do pensar construtivamente. Pensemos em saúde em nossos corpos, em alegria, gratidão, beleza, bondade e amor!

Os Auxiliares Visíveis são tão necessários como os Auxiliares Invisíveis. Nossos amigos e pacientes podem participar desse privilégio superior, bem como adicionar muito ao poder de libertação da força curadora, juntando-se a nós em oração pelos doentes.

(Revista 'Serviço Rosacruz' – 06/73 – Fraternidade Rosacruz – SP)