cabeçalho4.fw

Ajudando na Cura da Dor de Dente de um Leão

Ajudando na Cura da Dor de Dente de um Leão

Auxiliares Invisíveis vão em todos os lugares para trabalhar.

Um dia de outubro um Auxiliar Invisível se deitou para dormir e logo foi para uma selva na África e se encontrou com um homem nativo que estava caçando para comer. Enquanto estavam cautelosamente escolhendo que trilhas utilizariam na selva, viram um leão grande andando em círculo. Ele estava esfregando sua pata na sua mandíbula, salivando bastante pela boca.

"O que há de errado com o leão?" - o Auxiliar Invisível perguntou ao homem.

"Ele está com dor de dente" - o nativo respondeu.

"Eu o ajudarei, pois eu sei o quanto dói nele" - o Auxiliar Invisível disse, e ele foi em direção do leão.

"Cara, aquele leão te matará antes de você tocar nele" – preveniu o nativo.

"Não, está tudo bem; ele está com dor" – o Auxiliar Invisível respondeu.

Então ele foi em direção ao leão, que parou e olhou para o estranho. O Auxiliar Invisível esse aproximou mais e coçou a cabeça dele.

"Deite-se e deixe-me olhar dentro da sua boca" - Ele disse.

O leão obedeceu e o Auxiliar Invisível olhou sua boca. Ele viu que um dente havia quebrado e que a mandíbula inferior do leão estava muito inchada.

O Auxiliar Invisível viu que a gengiva do leão estava tão solta que ele podia empurrar seus dentes com os dedos.

"Olhe! Garotão" – o Auxiliar Invisível disse para o leão - "Eu estou te ajudando, portando, não seja grosseiro."

Enquanto ele ia falando com o leão, o Auxiliar Invisível ia trabalhando o dente perdido. Então ele deu um grande empurrão e o dente veio para fora.

O leão saiu rugindo, mas o Auxiliar Invisível sugeriu para que ele ficasse deitando, enquanto o Auxiliar Invisível tirava a dor. O leão obedeceu, e após o Auxiliar Invisível massagear sua mandíbula, ele se sentiu muito aliviado.
Após isso o leão se esticou no chão e o Auxiliar Invisível foi terminando o tratamento enquanto o leão ficava tranquilo, pois ele percebeu que estava sendo ajudado pelo Auxiliar Invisível.

Após o Auxiliar Invisível completar o tratamento, o leão recostou sua cabeça nele e se comportou como um enorme gato brincalhão.

"Até logo, garotão" – disse o Auxiliar Invisível -"Se cuide - Sua mandíbula está boa agora".

O Auxiliar Invisível foi embora deixando o leão feliz.

(IH - de Amber M. Tuttle)