cabeçalho4.fw

Hierarquias Zodiacais - Leão: Força Vital do Universo

HIERARQUIAS ZODIACAIS

LEÃO: FORÇA VITAL DO UNIVERSO

(*) Advertência:
A descrição aqui apresentada é mais exata conforme a cúspide da 1ª Casa esteja mais próxima do ou no segundo decanato do Signo (10º graus até 20º graus)
Quando os 3 últimos graus de um Signo estão ascendendo, ou quando os 3 primeiros graus ascendem no momento do nascimento, diz-se que a pessoa nasceu "na cúspide" entre dois Signos, e, então, a natureza básica dos Signos envolvidos são mescladas no corpo dela
Astros nas Casas:
1) Os Astros no Signo Ascendente podem modificar a descrição.
2) Astros colocados na 12ª Casa e que se encontram dentro de seis graus deste podem modificar a descrição.
Em tais casos o Estudante dever usar seu conhecimento do caráter dos Astros em conjunto com a descrição do Signo.
(Veja mais no Livro: Mensagem das Estrelas – O Signo Ascendente – Max Heindel e Augusta Foss Heindel)

Todo ser vivo é uma demonstração da força mágica da vida. Quando o ser humano adquirir a compreensão da verdade e o conhecimento de como controlar esta força da vida e quando aprender a trabalhar conscientemente em harmonia com ela, ele se tornará um verdadeiro criador e controlará o processo da vida em seu próprio corpo.

O ensinamento esotérico anseia por sabedoria profunda e, à medida que o ser humano evolui, ele se torna cada vez mais ciente de que conhecimento é força. A apresentação pública de trabalhos profundos, intelectuais e filosóficos de um tipo capaz de treinar um intelecto já bastante desenvolvido não precisa, necessariamente, trazer maldade ou injúrias a ninguém. A filosofia que pode ganhar a fidelidade de uma Mente elevada, precisa, também, combinar princípios de utilidade cósmica com a força racional do intelecto.
Uma filosofia, não importa o quanto possa ser intelectual, que seja dedicada ao Espírito de Serviço, pode ser pregada sem hesitação, pois não atrai o egoísta ou o ignorante que a repelirá como sendo monótona, árida e desinteressante. Estudo e trabalho deste tipo tornarão o ser humano livre e abrirão uma avenida de expressão (Câncer) para a força universal da vida (Áries), a força da criação (Touro) e para a vontade (Gêmeos) de Deus, o Ser Supremo.

O Controle das Energias Naturais

O treinamento esotérico traz o controle sobre as energias naturais. O conhecimento adquirido no caminho da iniciação cresce e, gradualmente, se dispersa até que a limitação e a cristalização autocriada sejam reconhecidas e transformadas em realização pelo Ego aspirante. O homem ou a mulher que possuam esta compreensão de vida podem dirigir as forças naturais para fins valiosos. Tais conhecimentos são úteis para o intelecto altamente desenvolvido e aumentam muito a força de servir a raça.

Se tais conhecimentos forem colocados nas mãos de gigantes intelectuais egoístas, eles se tornarão uma ameaça para a sociedade. Na Atlântida, o conhecimento da verdade esotérica foi dado a todos aqueles intelectualmente qualificados. Com o intelecto desenvolvido além da capacidade da alma, o resultado foi que os seres humanos se tornaram gigantes em conhecimento, mas também no mal. Seguiu-se a destruição de Atlântida. Enquanto a civilização de Atlântida alcançava um novo ápice no desenvolvimento das faculdades latentes, a negação obstinada dos princípios cósmicos levava à desintegração de um continente inteiro. É interessante notar que os selvagens de hoje não são nossos tipos ancestrais; são descendentes degenerados de grandes civilizações do passado (tanto da Lemúria quanto da Atlântida).

Assim, qualquer professor que divulgue o conhecimento ocultista precisa discriminar cuidadosamente e, se necessário, negar certas instruções àqueles que, moral e espiritualmente, ainda não estão prontos para recebê-las. Palavras revestidas pela língua do Espírito e alusões dadas para desenvolvimentos futuros permanecerão, para sempre, como uma porta escura àqueles que transformam o conhecimento em força para satisfação própria.

O ocultista, simbolicamente, é encontrado nos Signos masculinos, especialmente no primeiro dos Signos do fogo, Áries, a Grande Hierarquia Criadora que se manifesta como a Força Vital do Universo. Dentro do Coração do ser humano e do centro da luz do universo existe uma força ainda mais potente que une o Coração e a Mente na elevada e iluminada força de LEÃO. Esta Hierarquia Criadora deu ao ser humano o impulso embrionário da forma física, o Corpo Denso.

O verdadeiro ocultista é aquele que dominou intelectualmente as teorias fundamentais da constituição do ser humano e do universo e desenvolveu, dentro dele, as forças de vida latente em todos. Uma vez que estas forças estejam universalmente reconhecidas, as bases da vida se alargam para além da concepção e os princípios físicos gerais da vida cotidiana se tornam ínfimos na imensidão do todo.

Todo aspecto da criação considerado em relação a estas Forças Criadoras, as Hierarquias Zodiacais, pode ser desenvolvido por qualquer pessoa que treine e discipline as faculdades do Espírito. A força da alma é continuamente gerada na vida de Deus e do ser humano e, quando o fogo da vida (Áries) se combina com sua parceira feminina (Touro), o ser humano aprende a andar ereto, dedicado a seu posto superior, como um criador autoconsciente.

Não é o ser humano "Deus em formação"? É verdade quando se diz: "O que deve ser, será", e a utilização da força do princípio vital na vida – Leão, a força vital do Universo – caracterizará o fluxo cada vez maior da força criadora do Espírito desperto.

Leão é o princípio criador na manifestação. Esta Hierarquia pode ser comparada a um grande Coração palpitante que se movimenta como um canal ardente de amor e criação. Em todas as ações Leão apresenta uma força e um poder semelhantes à dignidade e à capacidade de um rei. Leão é o governante de tudo, pois domina os mais exaltados, uma vez que esses se curvam diante de seu trono.

O Espírito imortal do ser humano desce sobre a matéria e passa da fonte de sua identidade, completamente consciente de Deus, às esferas sucessivas de densidade cada vez maior. A entrada para o ciclo do renascimento é feita por meio do seio de Câncer, a Mãe Cósmica, onde a semente da vida é alimentada e semeada para ser levada, mais tarde, em manifestações através da ajuda dos Senhores da Chama – a Hierarquia de Leão.

O reino de Leão é o mundo – não o mundo confinado à compreensão física limitada do ser humano, mas o mundo da vida, dentro e ao redor de nosso esquema completo de evolução. Leão dá sua maior dádiva para o ser humano usar e abusar: a dádiva da criação pelo Coração. Porém, poucos reconhecem a força, em potencial, contida no Coração de cada pessoa. Daí poucos a usarem e poucos a conhecerem. Contudo, dentro do Coração do ser humano está a chama imortal da vida espiritual que foi dada, pela primeira vez, à humanidade há muitas eras, quando a Hierarquia de Leão deu ao ser humano o átomo-semente do Corpo Denso.

Em sucessivos períodos de evolução, o ser humano desenvolveu este pequeno átomo em um veículo perfeito do qual deveríamos, agora, fazer pleno uso. O Corpo Denso humano é o mais evoluído de todos os nossos veículos e contém os meios mais completos de individualização.

Como todo Ego se prepara para o renascimento através de Câncer, ele é primeiramente batizado com a força total de sua ação passada (ou destino), quando é reunida ao átomo-semente permanente, seguro e preservado por Leão. É possível demonstrar o processo no qual este pequeno átomo semente, um registro permanente de todo pensamento e toda ação na vida, é protegido dentro da estrutura interna do Coração humano.

Aqueles que podem usar esta grande força criadora podem dar vida e inspiração às mentes insensíveis e áridas. Leão dá o poder para governar e a força para a vida. Leão é a chama vital que condensa a essência da alma, as experiências purificadas do ser humano, em ouro espiritual, no caminho da vida.
Leão rege o Coração no ser humano e no universo. O Coração de Leão pulsa para toda a natureza, pois ele está em todos e todos estão nele. Leão queimará e destruirá os infiéis, pois ele dá, para sempre, ao ser humano, o que o ser humano criou. A justiça deste Signo é rápida. Justiça e honestidade rigorosas, não vingança, são os prazeres de Leão. Leão é aquele princípio criador de esplendor no ser humano que se une com a força do Ser, em todas as suas particularidades. Todo aspecto da vida – todo pensamento, palavra, ação e reação – está registrado no Átomo-semente colocado no ventrículo esquerdo do Coração.

O diagrama que se segue é um esboço dos quatro compartimentos do Coração, uma designação das várias funções de cada um e a indicação do fluxo de sangue através dele todo. Reconhecemos a sabedoria de Deus na manifestação quando aprendemos como o objetivo da existência – experiência – está estampado no Átomo-semente, de maneira que o Espírito individual possa receber toda a atenção e oportunidades para progredir.

Há uma única parte do corpo humano que pertence ao ser humano: o sangue. Em outras partes do corpo, outros Seres (Hierarquias Criadoras) atuam, como o faz Leão no Coração. O ser humano se tornará senhor destas outras partes em um futuro distante. O Ego controla o Corpo Denso por meio do sangue; este é seu único meio individual de expressão. O Ego regula o sangue, e o sangue está marcado com impressões definidas de acordo com emanações particulares trazidas ao ser humano através dos pulmões (Gêmeos) e do ar que respiramos (Mercúrio).

 

 

A - Veia cava superior
B - Veia cava inferior
C - Artérias Pulmonares para os Pulmões
D - Ápice
E - Átomo-semente
F - Válvula Mitral
G - 4 Veias Pulmonares dos Pulmões
H - Aorta (para o corpo inteiro)

Compreendendo isto podemos nos deter no diagrama e descobrir que o Coração está dividido em 4 compartimentos: 2 aurículas e 2 ventrículos. O lado esquerdo fornece o sangue arterial purificado (regido por Júpiter) e o lado direito governa o sangue venal impuro (regido por Vênus).

O sangue impuro vai do corpo para a aurícula direita (A.D.) da parte superior do corpo acima do diafragma, através da veia cava superior e da parte inferior do corpo, abaixo do diafragma, para a aurícula direita através da veia cava inferior. O sangue é bombeado da aurícula direita para o ventrículo direito (V. D.), e do ventrículo direito o sangue vai para os pulmões (Gêmeos) via artérias pulmonares, para oxigenação. Aqui o ar respirado (regido por Mercúrio e Gêmeos) carregado de sutis emanações espirituais daquele momento, traz mais e mais experiências para o ser humano e essas impressões são levadas pelo sangue diretamente para o Coração. A medida que o ar respirado é levado aos pulmões, os princípios criadores dessas Hierarquias Zodiacais são misturados e usados de acordo com a habilidade do Espírito para responder às forças existentes.

Dos pulmões, o sangue purificado entra na aurícula esquerda (A.E.), por meio das 4 veias pulmonares e, então, através da válvula mitral, vai para o ventrículo esquerdo (V. E.) onde as impressões de todos os pensamentos e ações estão registradas no Átomo-semente como uma tinta indelével. Do ventrículo esquerdo, o sangue purificado é bombeado através da aorta para todo o corpo. A vida do corpo depende da função contínua do princípio vital no Coração (Leão). O Átomo permanente, originalmente dado ao ser humano quando ele começou sua descida para a matéria, está localizado no ventrículo esquerdo do Coração. Este permanente Átomo-semente é como um monumento para o progresso do Espírito. É importante notar-se que não existe um caminho, uma avenida exterior de entrada para o ventrículo esquerdo e para o Átomo-semente. Esta essência concentrada do Espírito está totalmente protegida no ápice do ventrículo esquerdo e nenhuma perturbação poderá penetrar neste compartimento isolado. A organização da natureza e a sabedoria de Deus protegem completamente este registro sagrado da viagem do Espírito, através da eternidade.

Portanto, sem dúvida, Leão é o indicador do destino; este Signo e esta Casa no horóscopo representam condições acumuladas originadas do passado. Estas condições, indelevelmente estampadas no Átomo-semente, formam a força da vida ou, se não forem reconhecidas e compreendidas, a barreira para o progresso. Leão junta tudo que foi experiência no passado e com esta base estrutural de poder espiritual, dá ao Ego, em cada volta da roda do renascimento, uma força e consciência cada vez maior, autoconsciência de seu próprio sentido integral de unidade com o Criador.

A Armadura de Leão

Ouro puro é a armadura de Leão. A radiação fundida do Sol encobre este Signo como um manto, apresentando sempre os símbolos todo-poderosos de sua majestade. Leão ou o Sol dá liberdade à todas as coisas em crescimento. Nascimento e morte têm valores iguais.

Vida é a recompensa em ambos os casos: uma física e a outra espiritual.

Leão nos diz que sua luz e sua força foram sacrificadas no altar do eu pessoal e exige que nos elevemos à altura de nossa glória plena e nos unamos ao fogo da vida. Somente quando Leão dá é que sua força cura, cria e faz todas as coisas novas; quando o poder é forçado, torna os seres humanos loucos. A vontade de criar precisa vir do Coração, assim como a força para reinar e para viver, que não podem ser tiradas só do corpo. Se o ser humano pudesse, simplesmente, escutar e entender a honra e a retidão das súplicas de Leão, não haveria destruição nem sacrifícios; mas a vida por uma vida é a lei da terra (Jeová) e uma contrabalança a outra. Estar ligado ao passado significa pagar pelo passado, portanto, compreenda e deixe que o futuro amor da humanidade seguirá os princípios do Coração.

Leão é o símbolo do fogo puro e radiante que brilha no Coração de todos os seres humanos bons e puros. Este é o caminho que glorifica Deus através da honra, justiça e integridade para todos. Todo aspecto da divindade tece a veste dourada do amor e da devoção; todo ponto bordado no Dourado Manto Nupcial aumenta o fortalecimento do Espírito e o poder de Deus no Universo.

(De Thomas G. Hansen – com prefácio da Fraternidade Rosacruz de Campinas - SP)