cabeçalho4.fw

Hierarquias Zodiacais - Câncer: A Mãe Cósmica

HIERARQUIAS ZODIACAIS

CÂNCER: A MÃE CÓSMICA

 

(*) Advertência:

A descrição aqui apresentada é mais exata conforme a cúspide da 1ª Casa esteja mais próxima do ou no segundo decanato do Signo (10º graus até 20º graus)

Quando os 3 últimos graus de um Signo estão ascendendo, ou quando os 3 primeiros graus ascendem no momento do nascimento, diz-se que a pessoa nasceu “na cúspide” entre dois Signos, e, então, a natureza básica dos Signos envolvidos são mescladas no corpo dela

Astros nas Casas:

  1. Os Astros no Signo Ascendente podem modificar a descrição.
  2. Astros colocados na 12ª Casa e que se encontram dentro de seis graus deste podem modificar a descrição

Em tais casos o Estudante dever usar seu conhecimento do caráter dos Astros em conjunto com a descrição do Signo.

(Veja mais no Livro: Mensagem das Estrelas – O Signo Ascendente – Max Heindel e Augusta Foss Heindel)

 

Não é para supormos que as manifestações ativas destas grandes Hierarquias Criadoras atuem imediatamente.

As faculdades são desenvolvidas gradativamente ao longo de um grande período de tempo. Isto deve ser verdadeiro, caso contrário, os caracteres desenvolvidos estariam sempre presentes e haveria um campo muito restrito para o desenvolvimento progressivo do Espírito. A aceitação e a realização de toda oportunidade do Espírito nos leva além das coisas materiais, e aqueles que reconhecem a força divina potencial veem as possibilidades sempre à mão, no esquema do desenvolvimento da vida.

Seria difícil encontrar muitas pessoas possuidoras da verdadeira percepção espiritual, mas é universalmente reconhecido que, sem intuição, um indivíduo não é muito bem-sucedido, mesmo que soubesse, de cor, todos os trabalhos do mundo. Daí precisarmos ser guiados pela sabedoria, não por opiniões. As opiniões de outros podem ajudar-nos, mas não deveríamos ser subservientes a elas. A sabedoria é o fruto da experiência, a essência da alma do caráter desenvolvido. Atualmente, todas as potencialidades se manifestam ao mesmo tempo. As doze Hierarquias Criadoras estão presentes em um determinado momento, mas à medida que suas tarefas forem sendo completadas e suas lições assimiladas, algumas se retiram. As faculdades de Signos prósperos estão sempre presentes em estado latente, podendo ser reveladas à medida que progredirmos na vida. A força da vida e da natureza está no Ser Humano e o Ser humano é uma manifestação da Natureza. A Natureza individual (Espírito) do ser humano é um impulso individualizado do Ser humano Universal e tem sua própria Fonte individual. Esta fonte representa aquela parte distinta que deve ser vivida individualmente por este espírito separado no grande Drama Cósmico que é a Vida.
Cada criança, um indivíduo

Se todas as crianças nascessem ao mesmo tempo, todas seriam iguais, mas na hora da concepção há uma diferença e cada criança recebe sua própria natureza individual que, contudo, ainda permanece como parte integral da natureza universal.

A vida, a Luz e o Amor do Universo brilham através de cada indivíduo até que a força do Espírito desperte. Este impulso espiritual representa uma força latente que forma a bagagem característica, sobre a qual se refletem as forças diferenciadas da criação.

O Espírito de Deus movimentou-se sobre as águas e o germe da vida foi semeado para ser alimentado e gerado como um supremo atributo das forças celestiais. É particularmente importante enfatizar que todas as forças de Deus são acessíveis a todos os seus filhos para serem usadas durante todos os momentos da vida, mas o grau vibratório de cada arquétipo individual não responde ou corresponde a estas harmonias (configurações planetárias) uma vez que o Ego nem sempre é capaz de assimilar essas forças. Isto é evidente ao observarmos a potência da força espiritual e as qualidades da alma do indivíduo subdesenvolvido. A força criadora do movimento universal é definitivamente construtiva e altamente divina, mas se o Ego ou o Espírito Interior ainda não despertou sua força potencial, o modelo do arquétipo não toma conhecimento dessa força. Enquanto não forem feitos esforços para pôr essa força em ação, muitos campos de desenvolvimento continuarão fechados para o indivíduo e assim ficarão enquanto ele permanecer em seu estado de escuridão.

O Pai, o Filho e o Espírito Santo – Vontade, Sabedoria e Atividade – formam a base para a vida e a ação no universo. O Pai é a Origem e o Fim de toda a Vida (Áries); o Filho é duplo em Sua natureza, e é o Amor ou o Princípio da Sabedoria (Touro); enquanto que o Espírito Santo é a Inteligência Criadora na manifestação (Gêmeos), organizando o caos da matéria primitiva – substância-raiz-cósmica – em materiais dos quais podem-se construir formas. Áries e Touro formam a semente ou a base da formação do universo. Gêmeos prova ser o incentivo e o impulso para a ação, enquanto Câncer é o Signo que ajuda a trazer esta concepção para a atividade física. Assim, Câncer, a Mãe do Universo, tira, nutre e alimenta tudo que surgir para expressar a plenitude das variadas experiências da vida. Câncer, a suprema Mãe Cósmica, carrega dentro dela a manifestação dos grandes princípios criadores. Através de Câncer, o "Portão do Homem", o Espírito destinado ao renascimento terrestre desce diferenciando-se de sua fonte universal e, assim, a morte espiritual acontece. Através de Capricórnio, o "Portão dos Deuses", o Ego sobe aos céus, um novo nascimento espiritual (vida permanente) acontece quando ele se solta do Corpo Denso. Assim que o Ego sai de Câncer e dos mundos superiores começa a perder sua natureza divina. Vai reunindo-se em todos os aspectos de seus esforços passados e a forma do corpo e da vida para a experiência futura vai recebendo os sucessivos acréscimos de tudo que se passou antes. Durante sua descida para a matéria, o Espírito – primeiro uma esfera em forma – é alongado para dentro de um cone e o arquétipo vai colhendo todas as vibrações para as quais é receptivo. Da mesma forma, harmonias com as quais ele não tenha qualquer associação são deixadas para trás, em sua descida. O Ego, agora, começa a sentir as influências da matéria e cada novo impulso traz novas sensações, de modo que ao se juntar ao corpo, ele está agitado por esta nova e excitante aventura. A vida é, na verdade, uma grande aventura, cada um desempenhando a sua parte em harmonia com aqueles impulsos autocriados, no seu passado.

Quando o Espírito dá o primeiro passo para sua longa viagem em direção à autoconsciência, todas as suas possibilidades estão latentes e, não obstante ele precisar dar cada passo do caminho sozinho, ele está sendo ajudado por outros que já percorreram este caminho anteriormente. A medida que suas faculdades se abrem do estado latente para o potencial, menor ajuda é necessária até que possa experimentar suas próprias asas. O ser humano geralmente se torna autossuficiente, arrogante e se julga o Senhor da Criação; mas o ser humano, absorvido na ilusão de si mesmo, nunca está inteiramente distante da influência espiritual. Aos poucos ele se dá conta da natureza ilusória das coisas e começa a procurar outras realidades.
O ser humano é, em si mesmo, um permanente criador de coisas invisíveis, pois as vibrações de seus pensamentos e desejos criam formas de matéria sutil, e são esses mesmos pensamentos ou desejos que as animam. Se ele soubesse como manejar, para o bem, esse poder, possuiria uma enorme força, para sempre. Esta força de expressão criadora não só iluminaria seu ser no mais íntimo de si mesmo, como também a concentração decorrente dela geraria forças coordenadoras que poriam todas as coisas em ordem.

Mãe do Universo

Câncer é o representante das grandes águas cósmicas que alimentam a Via Láctea, movimentando cada onda de Egos que estão prestes a encarnar, para experiências físicas futuras. Câncer é a Mãe Cósmica, a Mãe do Universo, que abraça todas as crianças, especialmente, aquelas que não têm a sua própria mãe. Câncer é ritmo e ordem, que coloca cada um em seu devido lugar. Rege tudo com harmonia e equilíbrio e aí está a ajuda da Lua. Câncer será sempre encontrada junto àquilo que quer ter e realmente isso não lhe será negado. Ela não será derrotada. Sua moradia é a profundidade do grande mar e o silêncio é sua sentinela. Os segredos de Câncer são encontrados somente na vazante de suas enormes marés e emoções profundas são sentidas. Mas será só na maré baixa que aqueles que estão prontos e preparados poderão entrar e lá recebe sua coroa, que é uma estrela na testa, que iluminará os lugares escuros. Alguns receberão uma estrela escura e outros a luz. Nenhuma é boa ou má, mas ambas têm grande valor cósmico de acordo com o uso e o desenvolvimento que dela farão.

Câncer segura forte e só larga quando atinge seu objetivo. Câncer não desiste de seus filhos e filhas quando os envia para o nascimento, pois eles voltam a ela uma vez que as experiências tenham terminado.
Enviar seus filhos desta maneira é, sem dúvida, o mais sutil símbolo da verdadeira maturidade – a Maternidade Cósmica.

Todos os filhos e filhas de Câncer acham-se sob influência da Mãe Cósmica e se eles se tornarem bem receptivos a esta influência, mais facilmente e melhor aprenderão as lições que lhes forem ministradas. Haverá pouca felicidade para o nativo de Câncer se sua natureza sensível não se libertar e desenvolver porque é bom que sua força da imaginação criativa esteja livre para se expressar. Muitas pessoas têm uma fé forte e mesmo sem saber, podem se tornar úteis para executar o modelo divino, pois fé profunda pode agir poderosamente e produzir resultados. A fé produz um estado elevado que fortalece a vontade, afasta a dor e transforma o ser humano comum em canal de uma natureza imortal. Imaginação é uma força criadora e quando o princípio do amor está junto e entrelaçado numa oração com o que é bom e puro, tudo se torna possível.

Oração, fé e imaginação – atributos femininos e criadores – uma vez acesos no coração de Câncer iluminarão a alma, como um despertar celestial, numa visão de um outro mundo. Um aprendizado superficial acrescenta pouco, enquanto que a suprema consciência pode ser alcançada desenvolvendo-se uma fé completa na vida espiritual, aquele estado supremo onde os nativos de Câncer serão revelados na força de sua própria luz.

Sentimento é o elemento fundamental para os nativos de Câncer e estas pessoas são bem-sucedidas junto as crianças e com os indivíduos sensíveis de todos os Signos. Câncer sendo o Signo-mãe verá seus filhos criando suas famílias e, quando isto não ocorrer, procurarão criar aqueles com quem estiverem mais intimamente ligados.

Câncer precisa aprender a evitar jogar com a compaixão dos outros para conseguir algo. Os filhos de Câncer geralmente progridem com uma política sutil de fazer com que as pessoas atuem de acordo com os seus desejos. Não o fazem abertamente, pois não gostam de ouvir dizer que estão influenciando outras pessoas. Isto, às vezes, acontece devido ao fato de Câncer ser um Signo físico fraco. Câncer continuamente valoriza os sentimentos e suas ações indicam que respeita este princípio nos outros, mas não a ponto de ceder em suas próprias ideias. Um silêncio indignado é o meio de Câncer mostrar sua desaprovação. Câncer mostrará, de maneira evidente, compaixão para com as pessoas, mas ao mesmo tempo, irá ignorar aquele que for considerado culpado. Adora viver em paz com todo mundo e aí está sua força.

Câncer ajudará seus amigos, mas, em troca, exigirá gratidão. No entanto, terá gratidão e adoração por aqueles que o ajudaram em alguma coisa. Patriotismo, apego às tradições e à família são, geralmente, sentimentos muito importantes para este indivíduo. Reverência, submissão e compaixão são, também, pontos de vital importância para este Signo – todos traços que devem ser bem desenvolvidos por todos os verdadeiros aspirantes.

Sensibilidade e tenacidade são outras características dessas pessoas e, como o caranguejo, o símbolo de Câncer, tem o coração delicado por baixo de uma casca dura. O medo de auto revelar muitas vezes faz Câncer parecer tímido e sem coragem, no entanto, é capaz de ter uma enorme valentia e fazer um completo auto sacrifício quando se tratar de amor pela família, por parentes ou pela humanidade em geral. O nativo de Câncer, o que já estiver bastante evoluído, considera que todos são seus filhos e já aprendeu a gloriosa lição de dar amor e ajudar sem pedir nada de volta: o princípio do materno ideal.

A força criadora da imaginação precisa ser usada construtivamente. O uso desta força capacita Câncer a tornar a vida mais bela e o sucesso nisto é geralmente o resultado de saber transformar coisas comuns em transcendentais. Nossas Mentes estão divididas em dois planos de ação: a consciência objetiva e a subjetiva – o intelecto e a intuição. No momento, a expressão da razão alcançou o seu mais alto desenvolvimento, e esta faculdade está sendo trabalhada pela maioria da humanidade. O próximo passo será trabalhar com a Mente de modo que a intuição substitua a razão.

A intuição é um contato direto com nossas vidas passadas, que vem como um raio, acima de qualquer razão. A purificação das emoções ajuda seu desenvolvimento e traz a percepção da unidade e da compaixão por toda a vida. Os nativos de Câncer podem prontamente expressar uma natureza intuitiva mesmo que ela possa estar momentaneamente latente ou impedida de se manifestar. Um esforço consistente desenvolverá esta grande qualidade.

Qualidade de Camaleão

Câncer é altamente sensível, e estas pessoas frequentemente adaptam-se às condições do meio em que vivem. Com um aguçado senso pessoal de delicadeza, o modo de expressão não deveria ser desprezado. Note a posição de Mercúrio. Quando Mercúrio segue o Sol - as lições da vida vêm através das experiências – nem sempre é uma vantagem! Mercúrio, estando à frente do Sol pode facilitar estas lições como a luz da sabedoria ilumina o intelecto, ensinando pelo contínuo aprendizado.

Os nativos de Câncer, como tantos outros de toda humanidade, deixam-se, por vezes, levar pelo jogo das forças externas sobre eles. No entanto, para conscientemente expressar sua natureza inferior, precisam inverter esse processo, não serem receptivos às coisas negativas. Câncer precisa fazer uma pausa positiva e expressar a completa força de sua individualidade. A força é a Vontade. Com a força companheira que é a Imaginação, Câncer precisa estar apto a correr qualquer risco necessário para ser bem sucedido. Não só as qualidades físicas, mas também as espirituais e as da alma, uma vez em harmonia, produzirão um completo despertar e uma força sobre todas as circunstâncias da vida.

Com o arraigado amor pela humanidade e interesse pelas pessoas, o instinto materno sempre permanecerá forte. As próprias ambições dos nativos de Câncer muitas vezes se concretizam através da vida de seus próprios filhos. Há um profundo desejo de viver a vida integralmente. A natureza bondosa, auto sacrificada dos nativos de Câncer deveria florir em bondade e amor para todos.

A vida e a alegria são privilégios inerentes do ser humano. Câncer encontrará um caminho para juntar força e sucesso na visão mais ampla de uma consciência aberta, mesmo onde existam limitações para negar a livre expressão. Lembre-se, Câncer NÃO É NUNCA DERROTADO! Às vezes, os ideais dos pais são transmitidos para sua realização, para os filhos e filhas.

Sabemos que o Sol e os Planetas indicam, no horóscopo, os anos em que certas tendências podem culminar em ação e requer, invariavelmente, cooperação da Lua para fertilizar o Aspecto e fazê-lo florir numa manifestação física. O Sol e os Planetas podem ser considerados como o ponteiro da hora no relógio do destino, mostrando o ano ou os anos em que cada fase do destino está madura para a colheita.
A Lua pode estar ligada ao ponteiro dos minutos, que mostram o mês em que as influências estão prontas para a ação.

Lembre-se, as limitações – quer sejam transitórias ou destino maduro (a indicação da 12ª Casa) são tanto "boas" quanto "adversas". Na verdade, TODAS AS COISAS SÃO BOAS, e o ser humano é quem faz as condições de sua vida. A alegria de viver, expressa por uma criança é, definitivamente, um elo com o passado e a relação entre a criança e os mapas dos pais mostra a atração assim como os ajustamentos que, necessariamente, devem ser feitos. Onde Saturno obstrui até que as lições sejam aprendidas, a responsabilidade também está presente. Se a força do objetivo é suficiente, se todas as lições são aceitas e não evitadas, tudo será somado de acordo com o modelo divino.

O teste de qualquer filosofia é a sua vivência. Daí depender de você, Câncer, exemplificar os princípios do Amor e da Paz Universal, de modo que todos que o encontrarem se sentirão melhor por tê-lo conhecido. Este é o verdadeiro trabalho da Lei. Para criar e nutrir todas as almas, para construir em harmonia e paz, para amar e observar a liberdade do grande plano da vida, para dar e receber, sempre criando e sustentando está Câncer, celeste e terrestre, NOSSA MÃE CÓSMICA. Suave, dinâmica, visionária e serena no conhecimento de que tudo que existe, será para sempre.

 

(De Thomas G. Hansen – com prefácio da Fraternidade Rosacruz de Campinas - SP)