cabeçalho4.fw

Hierarquias Zodiacais - Escorpião: O Caminho da Regeneração

HIERARQUIAS ZODIACAIS

ESCORPIÃO: O CAMINHO DA REGENERAÇÃO

(*) Advertência:

A descrição aqui apresentada é mais exata conforme a cúspide da 1ª Casa esteja mais próxima do ou no segundo decanato do Signo (10º graus até 20º graus)

Quando os 3 últimos graus de um Signo estão ascendendo, ou quando os 3 primeiros graus ascendem no momento do nascimento, diz-se que a pessoa nasceu “na cúspide” entre dois Signos, e, então, a natureza básica dos Signos envolvidos são mescladas no corpo dela

Astros nas Casas:

  1. Os Astros no Signo Ascendente podem modificar a descrição.
  2. Astros colocados na 12ª Casa e que se encontram dentro de seis graus deste podem modificar a descrição

Em tais casos o Estudante dever usar seu conhecimento do caráter dos Astros em conjunto com a descrição do Signo.

(Veja mais no Livro: Mensagem das Estrelas – O Signo Ascendente – Max Heindel e Augusta Foss Heindel)

 

 

A força potencial de cada Hierarquia Criadora é uma indicação da força espiritual que se manifesta no ser humano, que é uma entidade espiritual complexa (ou Ego). A oitava Hierarquia Criadora, Escorpião, difunde intensidade espiritual que produz tanto o tipo apaixonado da humanidade, como o mártir, cujo ardoroso vigor expressa extremos deste Signo.

A elevada Inteligência espiritual que se manifesta através do modelo zodiacal compõe-se de Seres complexos, que emanam uma certa radiação de energia cósmica. Da mesma maneira, Inteligências semelhantes que operam através de ação astral (Sol, Lua e Planetas), emanam uma certa radiação de energia solar. Assim, estas forças zodiacais e astrais têm, dentro delas, todo tipo de substância.

É somente no plano físico que estas subdivisões nos chamam a atenção (Signos, Astros e Casas). À medida que progredimos em nosso estudo descobriremos que os diversos elementos em um mapa devem fazer parte de um todo lógico consecutivo. Contradições aparentes podem surgir, mas representam as oportunidades oferecidas ao indivíduo para seu desenvolvimento.

Sem as forças do "bem" e do "mal" – positiva e negativa – não teríamos, conscientemente, a oportunidade criadora para distingui-las e elevar nossos níveis de existência. Escorpião é um Signo criador, maligno talvez, mas definitivamente um condutor de intensa força potencial.

A qualquer momento, praticamente, todo estudante de astrologia encontra uma descrição dos Aspectos "maliciosos, vis, destrutivos" desta Hierarquia Criadora. A maioria dos astrólogos modernos já tentou dar uma explicação melhor para a força dinâmica de Escorpião. Provavelmente, um dos mais interessantes e mais antigos esforços neste sentido é o trabalho de John Gadbury em resposta à interpretação de William Lilly, um astrólogo da mesma época que, livremente, castigou este Signo.

Ao mostrar que causas universais são mais eficientes e mais fortes do que causas particulares, Gadbury afirma que: a indicação do bem ou mal em horóscopo é o resultado de causas que são igualmente capazes de desenvolver resultados muito mais favoráveis do que os indicados nas acusações monstruosas e falsas contra Escorpião "feitas pelo Sr. Lilly".

Temos todos os elementos (fogo, ar, terra e água) em nossas próprias naturezas, mas a manifestação de uma qualidade torna-se, por vezes, mais limitada para que outra qualidade possa predominar.

Eventualmente, nosso desenvolvimento se torna a circular, embora, em um determinado período de vida, um indivíduo possa parecer unilateral. Portanto, não vamos tentar separar os vários constituintes da vida, mas vamos considerar as muitas variações que resultam do progresso evolucionário e das lições individuais que devem ser aprendidas.

Marte, regendo Áries e Escorpião, não está em desacordo com suas missões, especialmente quando esta energia opera em seu polo positivo. Escorpião dá regeneração e nos mostra como podemos transformar o elemento ígneo Marte em energia espiritual, com a qual nos elevamos acima de limitações físicas. Escorpião é o Signo negativo ou feminino e difere, consideravelmente, da óbvia atividade e energia do masculino Áries.
Escorpião também rege ou está associado à 8ª Casa e se manifesta para dentro, tendo um maior domínio sobre as coisas (forças) ocultas da Natureza.

Escorpião deve ser considerado sob a luz de sua natureza fixa, ao invés de compará-lo às cardeais qualidades de Áries. Isto deveria dar uma ideia mais ampla da unidade de toda vida manifestada e aumentar nossa compreensão a este respeito.

Plutão
É evidente, através de toda informação disponível, a afinidade de Plutão com Escorpião. É atribuído à Plutão uma dupla personalidade: primeiro, como a fonte de todos os tesouros e riquezas do mundo (ele era o regente do universo físico); segundo, como monarca dos reinos mortos habitados pelas sombras invisíveis dos mortos (Hades).

Plutão era visto como uma divindade benevolente e um verdadeiro amigo do ser humano, devido ao seu poder de dar fertilidade à vegetação, de fazer germinar a semente nos sulcos, de nutrir a terra (Escorpião é um fecundo Signo da água) e de produzir tesouros de metais preciosos. Havia, também, um lado severo em seu caráter: o deus implacável, inflexível, que não podia ser persuadido por dádivas ou sacrifícios, a permitir a volta de alguém que já tivesse passado por seu portão. Por esta razão, morte e prisão perpétua no mundo inferior eram vistas como destino funesto e inevitável a espera de todos os seres humanos. Os meios de conforto e prazer na vida também se originaram com Plutão. Quando o lado benevolente de sua natureza foi levado em consideração, a esperança de uma futura vida feliz, tornou-se possível.

Plutão corresponde ao Ego ou ao espírito encarnado do ser humano.

O deus da morte era o guardião dos mistérios da vida. A morte é o último inimigo a ser vencido, daí a morte se situar no limite entre mortalidade e imortalidade. A "morte" simbólica dos Mistérios foi a grande porta de Iniciação. Plutão será encontrado continuamente expressando esta qualidade: destruir o velho e dar lugar ao novo.

A medida que a sabedoria se firma na Terra, a influência de Plutão se manifestará em grau muito maior. Um conhecimento da natureza de Plutão se ampliará, com o despertar do ser humano, para realidades espirituais. Escorpião, Casa da Iniciação, é o Caminho da Regeneração.

Plutão, Senhor do Submundo, guarda as portas dos mundos inferiores através dos quais o espírito do ser humano caminha no ciclo do renascimento, em sua eterna procura da verdade. Nas profundezas escondidas habita o ser humano animal que procura destruir o Ego embaraçado no labirinto (destino maduro) da ignorância terrena. Assim, Plutão se torna o adversário que testa aqueles que procuram união com os imortais.

O aspirante precisa passar por todos estes testes antes que possa merecer as glórias do futuro – libertação das condições materiais e morte e liberdade da roda do renascimento.

A libertação dos efeitos dos raios de Plutão é encontrada seguindo-se os caminhos gêmeos de Intuição e Razão, à procura do Espírito perdido. A mais séria função de Mercúrio (criado e mensageiro dos deuses) era conduzir os Espíritos dos mortos para baixo, nos caminhos escuros, através dos portões do Sol (Câncer e Capricórnio) e da terra dos sonhos, até os reinos escuros de Hades, onde habitavam as almas, os espectros dos seres humanos gastos.

Para alcançar e compreender Plutão, precisamos nos livrar dos medos e dos preconceitos. Precisamos olhar para o futuro e entrar neste reino com objetivos puros e com o Espírito limpo e regenerado.
Passar neste teste, qualificar-nos e tentar associar-nos com Aqueles mais avançados e cheios de graça, que progrediram em sabedoria e luz e que tornaram o caminho do ser humano mais claro.

Dentro de Plutão está a força do universo e também as três expressões destrutivas da energia universal: a perversão mental, moral e física. A purificação e a perpetuação desta força criativa resultam na regeneração do corpo, na iluminação da Mente e na transmutação das emoções.

Através de Plutão somos confrontados com nosso passado e nossas limitações. Aspectos de Plutão no Horóscopo forçam atividade em nossas vidas. Plutão não é proeminente em influências de natureza individual pessoal; refere-se, particularmente, à atividade que demonstre ou que tenha sido motivada através da consciência geral do todo. Plutão purifica a alma depois da morte. Plutão nos dirige para cima e nos leva às alturas para o mundo inteligível. Plutão governa a morte ou a cessação de velhas ideias ou emoções. Plutão influencia e governa amplamente o submundo, as atividades subconscientes e aquelas atividades que lidam com o reparo diário, a renovação, a purificação, a regeneração e a perpetuação do corpo.

As Quadraturas de Plutão conferem uma inabilidade para cooperar, principalmente em trabalhos com grupos grandes e em assuntos que afetam grande parte da humanidade. Quadraturas podem, também, se referir à pontos-de-vista irreconciliáveis e a coisas que devem ser suportadas ao invés de curadas. Plutão exerce uma força fermentadora, dominante nas vidas daqueles que reagem à sua influência. A ação, geralmente de caráter purificador, é certa. Portanto, a influência de Plutão é para ser notada, especialmente nas vidas dos indivíduos onde novos modelos demandam a remoção de obstáculos resultantes de ação passada.

A ascensão de Escorpião ou o Sol em Escorpião não indica Plutão como o governante do mapa, a menos que o indivíduo em questão seja capaz de subir muito acima das alturas do progresso do ser humano atual.
Até que reconheçamos a força da divindade em nós, Plutão continuará a elevar, separar e transformar modelos antigos em novos.

A medida que Escorpião se levanta da Terra (geração), ele se eleva para os céus e voa como uma Águia (regeneração), embora ele também tenha rastejado como uma serpente (degeneração). As emoções de Escorpião são tão profundas quanto um poço, suas aspirações tão altas quanto os céus.

A luz e a escuridão estão juntas e ninguém pode dizer qual é a maior. Não podemos julgar por valores materiais, pois, quem pode conhecer os segredos que a escuridão encerra? Mesmo as águas estagnadas das mais profundas poças de uma floresta contêm vida, pois sempre há uma oportunidade para o nascimento, para o crescimento e desenvolvimento. De escuras e escondidas camadas da Terra surge a vida do fruto e das flores.

Escorpião é secreto, forte e insensível, pois conhece seu objetivo. É carinhoso quando vê a luz, ríspido quando seus olhos estão cobertos, violento quando irritado e amoroso para com aquele que completa seu ser.

Rosas vermelhas (símbolos dos mistérios ocultos da vida) são para os filhos de Escorpião. Este Signo avisa para não o agarrar, pois seus espinhos produzirão dor aguda. Escorpião dá amor para o mundo, amor que é traduzido por paixão. É dever do ser humano, sob Escorpião, usar a força criadora como o fogo imortal da vida.

A coragem é a primeira e mais importante chave deste Signo sutilmente dinâmico. A força de Escorpião começa a se manifestar quando surgem as tarefas difíceis, a miséria e o perigo. Aqui estão as verdadeiras oportunidades para estas pessoas e Escorpião possui a habilidade inata de superar obstáculos com cuidado e determinação. Outras características deste Signo poderoso são o autocontrole na expressão da ação, o desembaraço e a capacidade de encarar emergências de maneira clara e definida. Escorpião é brusco e objetivo e tem uma tendência ao sarcasmo cético. É expressivo e pode, verdadeiramente, retratar as experiências da vida sob um inflexível ponto-de-vista individualista. Possui perseverança por excelência.

Amor pelo trabalho plenamente executado é parte da natureza de Escorpião e isto, mais a tendência natural em direção à força mostrada na regeneração, aumenta a habilidade dessas pessoas. Têm pouca paciência com tudo o que não se enquadra nos seus modelos. Os nativos de Escorpião vencem pelo esforço; não desistem, a não ser quando se destroem e, então, morrem com um provocante desafio nos lábios. Uma grande lição para Escorpião é compreender que energia dirigida é sempre muito melhor do que uma expressão de implacável determinação. Suas experiências, uma vez que aprendam a avaliar todos os fatos, garantirão uma compreensão maior dos problemas alheios.

A vida de Escorpião é uma vida de concentração. Este Signo do Sol geralmente proporciona uma personalidade muito forte. Os nativos de Escorpião são bastante forçados a deixar sua marca no mundo e, como possuem muita independência, isto é fácil de acontecer. Entretanto, pode ser muito difícil, para eles, mudar de opinião. Possuem uma força mental que pode representar tanto profundidade quanto cristalização. A recusa a escutar opiniões de outros ou a recusa para rever suas próprias decisões podem criar alguns problemas para estes indivíduos, muitas vezes arrogantes.

Escorpião é intenso. O equilíbrio entre os princípios regeneradores e as condições materiais na vida já é bastante difícil para pessoas médias, imaginem para indivíduos que têm tanto deste raio operando diretamente através de suas poderosas personalidades e individualidades.

Alguns Escorpiões são iguais aos nossos antepassados puritanos: austeros, vigorosos, distribuindo justiça violenta, amantes da liberdade, laboriosos e sem paciência com aqueles que não eram iguais a eles. A energia assim possuída pode ser usada tanto em canais construtivos quanto destrutivos. Portanto, é necessária muita atenção ao dirigir o crescimento inicial e o desenvolvimento deste nativo.

Quando Escorpião tem a forma anêmica que está construída há tempo por vidas de serviço e de auto sacrifício, sua maior elevação pode ser alcançada através da profissão médica, como um cirurgião ou clínico. A presença magnética de Escorpião, sua grande habilidade com as mãos, julgamento claro e vontade indominável, juntamente com um imutável autocontrole e uma crença absoluta em suas próprias forças, ajudam-no a se sobressair em qualquer campo, mas principalmente como cirurgiões e diagnosticadores.

Estas qualificações podem levá-los à metafísica e à filosofia. Continuando sua procura de um caminho substancial para a Verdade e a Luz, Escorpião, frequentemente se deparará com os testes e tentações colocados para pegar os incautos. A luta consistente e a experiência plenamente vivida assegurarão o progresso, embora progresso merecido da maneira "difícil " de Escorpião.

Não pode haver nenhuma dúvida quanto a esta expressão: não existe senão uma maneira de se conhecer a vida – pela Experiência. Escorpião precisa sentir toda lição aprendida, todo impulso regenerado instilado em seu ser intenso, e isto o conduzirá ao longo do caminho até que este se torne estreito e o auto sacrifício demande o último e supremo apelo. Então, princípios regeneradores representarão salvação e Escorpião conhecerá as glórias da vida eterna.

À medida que Escorpião aproximar sua própria natureza à paz e à quietude começará a sentir a resposta para a vida. Reconhecerá que a força está bem dentro do coração de cada ser humano. O caminho regenerado é um caminho árduo, mas é pela regeneração que se chega à purificação. O objetivo é Iniciação.

(de Thomas G. Hansen – com prefácio da Fraternidade Rosacruz de Campinas – SP - Traduzido do original inglês: Zodiacal Hierarchies de Thomas G. Hansen e publicado na revista Rays from the Rose Cross da The Rosicrucian Fellowship, no período de abril de 1980 a março de 1981 - publicada na Revista Serviço Rosacruz da Fraternidade Rosacruz em maio de 1982)