cabeçalho4.fw

Marte e Vênus

MARTE E VÊNUS

Marte possui qualidades completamente opostas a Vênus. Agora estudaremos alguma coisa mais sobre Marte, a fim de compreender-lhe a natureza. O primeiro grande contraste que desejamos assinalar é o seguinte: as pessoas que ocupam os graus mais elevados na escala da evolução, tem em seu horóscopo Vênus excelentemente aspectado e na melhor posição.

Contrariamente, as almas jovens, as menos evoluídas, estão dominadas pelos discordantes raios marcianos. Os animais agem inteiramente sobre impulso de Marte, porque é este quem alimenta as paixões. De outra parte Vênus alimenta a natureza afetiva superior. Uma ilustração sobre este tema tornará mais clara a diferença.

Suponhamos que Vênus seja o Regente do tema e esteja situado na 7ª Casa em que fica regente.  Está em Sextil com o Sol (este na 9ª Casa, religião) e em Trígono com Júpiter (na 11ª Casa, amigos). Vênus na sétima fornece ao nativo uma emanação coesiva, um raio de atração e simpatia percebido pela grande maioria das pessoas que estabelecer relação, e, deste modo, favorecerá a popularidade. (Vênus na 7ª Casa). Júpiter que infunde benevolência está na 11ª Casa, tornando o nativo um grande benfeitor, pois Júpiter expande qualidades que torna a pessoa um amigo por excelência. O Sol que significa pessoa de elevada posição social encontra-se na 9ª Casa, da religião, o que mostra ser o nativo um líder religioso ou dirigente de um movimento espiritual, idealista, popular, altruísta, muito conceituado e querido.

Tomemos agora um exemplo oposto, aquele em que Marte seja o Regente, colocado na 10ª Casa, da posição social, Marte está em quadratura com Urano (Gênio, capacidade inventiva, original) na 7ª Casa (Associações). Dois astros maléficos em aspecto adverso que impele a pessoa, cujo tema assim se encontra, a utilizar seu poder inventivo como uma ameaça para todos que se relacionam com ele. Se também Marte estiver em Quadratura com Saturno (o Planeta restritivo) de Casa Doze (Casa da aflição, confinamento, tristezas), podemos deduzir que os prejuízos provocados pelo nativo às pessoas que se associa terminarão por gerar inimigos ocultos que limitarão sua liberdade, ou seja, lhe condenará à algum nível de prisão, seja uma prisão literal ou mental.

Mas digamos que a pessoa que plantou estas sementes numa vida passada venha a nascer como filho de uma pessoa que seja evoluída e amorosa, cuja influência e orientação cresça e se forme nele. Esse benfeitor, que conhece astrologia, sabe que o menino nasceu com estas tendências voltadas para o mal, nele adormecido. Ajuda-o por extirpar estas inclinações antes que possam florescer. É verdade que Saturno marca influências muito fortes, que a maioria das pessoas é incapaz de romper. É quase certo que Saturno, na Casa do confinamento, acaba por levá-lo a uma prisão. Mas a influência de Marte já pode ser canalizada para fins edificantes. Urano poderá proporcionar engenhosas descobertas. A boa educação contribuirá, pois, no mínimo para dominar a energia de Marte e desviá-la de fins destrutivos para uma atividade útil. Numa condição de prisão legal, o nativo trabalhará num laboratório da penitenciária, inventando de lá coisas interessantes, de utilidade pública, levantando fundos em favor das famílias de presidiários.

Desse modo, não importa quão adverso nos pareça um horóscopo: nele há sempre bons Aspectos e se nós, como pais astrólogos, vemos as tendências de nossos filhos e os ajudamos a exteriorizar o que tem de bom, acumularemos para eles e principalmente para nós, grandes tesouros nos céus.

 

(Revista Serviço Rosacruz – 06/68)