cabeçalho4.fw

Existe Influência Astral Maléfica?

Pergunta: Existe Influência astral maléfica?

Resposta: No Reino de Deus não existe nada realmente mau. Aquilo aparentemente mal, e em realidade um bem em formação. A influência de determinados astros não é intencionalmente maléfica. Vivemos no plano físico a fim de adquirirmos experiências indispensáveis ao desenvolvimento de nossos poderes espirituais. Tais experiências são propiciadas pelas influências astrais.

Em todos os aspectos esses grandes Seres Espirituais estão trabalhando para o nosso bem. Suponhamos que cometamos abusos em todas as direções e por reflexos nossos corpos sejam influenciados negativamente. Surgem os maus aspectos de Saturno: uma enfermidade nos sobrevém, forçando-nos a uma dieta específica e um repouso indispensável à nossa recuperação. Porém, o importante é: aprendemos a lição? Durante o repouso forçado que nos foi imposto pensamos a respeito da vida que levamos? Analisamos as nossas ações passadas para admitir as causas que nos deixaram enfermos? Se de fato discernimos, convenientemente, sobre todos esses pontos, soubemos aproveitar a dura lição recebida e saberemos como evitar a repetição futura desses acontecimentos, procurando viver uma vida mais equilibrada.

Outro exemplo poderá ilustrar claramente a questão em pauta. Suponhamos que tivéssemos sido contemplados com uma herança, e a malbaratássemos, dissipando-a inutilmente. Hoje encontramo-nos de bolsos vazios, carentes de auxílio, quiçá até desesperados. Contudo, podemos tirar proveito dessa lição sábia. Nossas habilidades foram inúteis enquanto esbanjávamos o dinheiro, porém, a necessidade leva-nos a procurar um meio de sustento e assim emprestamos nossa contribuição no trabalho do mundo. Perderemos a herança, mas a experiência ensinou-nos a ser prudentes, a utilizar sabiamente o dinheiro e a ganhá-lo sempre por meio do trabalho. O indolente dissipador torna-se um cidadão inútil. A ação de Saturno tirando-lhe a fortuna constitui sempre uma benção disfarçada.

Assim é tudo aquilo que aparenta ser mal em relação à influência desses Grandes Seres. Empenham-se para ensinar à humanidade as valiosas lições que não poderiam ser aprendidas de outra forma. Além disso, quanto mais crescemos espiritualmente, menos sentiremos o chamado aspecto mau dos astros. Todas as influências serão transformadas em bem. Saturno não trará os desastres aparentes, mas persistência e espírito de luta; não enfermidades, mas saúde, pelo viver em harmonia com as leis cósmicas.

Pelo exposto, deduzimos que as influências astrais não constituem males em si mesmas. Apenas nos forçam a executar tarefas que não gostamos, que não obstante são essenciais ao nosso desenvolvimento.
Os astros são veículos vivos, palpitantes e vibrantes, de Grandes Inteligências Espirituais. À medida que mudamos suas influências também mudam, até que, na aurora de uma nova vida, se de fato aprendemos conscientemente as lições, voltaremos a vida terrena com um horóscopo marcado por novos aspectos, com novas posições astrais que favorecerão um caminhar mais rápido na senda da evolução. Gozaremos de uma existência mais ampla pelo desabrochar de nossas qualidades espirituais, desfrutando, então da única e verdadeira felicidade que é trabalhar incansável e eficientemente na Vinha do Senhor.

(P&R da Revista Serviço Rosacruz fev/75 – Fraternidade Rosacruz SP)