cabeçalho4.fw

Por que os Aspectos formados pelo Sol e pela Lua admitem órbita de até 8 graus? Por que os Aspectos entre os Planetas admitem órbita de até 6 graus?

Pergunta: Por que os Aspectos formados pelo Sol e pela Lua admitem órbita de até 8º? Por que os Aspectos entre os Planetas admitem órbita de até 6º?

Resposta: Segundo a Astrologia Rosacruz, o motivo espiritual da órbita de influência: além do corpo visível percebido por nossos sentidos, o ser humano também possui veículos invisíveis chamados por São Paulo de corpos espirituais, sendo que o ser humano em si é espírito. Quando houvemos desenvolvido a visão espiritual, faculdade latente em todos, poderemos ver esses Corpos mais sutis sobressaindo do Corpo Denso e este situando-se no centro dessa "aura", do mesmo modo que a gema se situa no centro do ovo, rodeada de clara por todos os lados. Antes que dois seres humanos entrem em contato físico, suas auras se interpenetram. É a razão porque "sentimos a presença do outro", às vezes, antes de o percebermos por meio de nossos sentidos comuns. Como é em cima, assim é embaixo. O ser humano é feito à imagem de Deus e de Seus Ministros: os Astros. Todo Astro tem um Corpo invisível que sobressai no espaço, além da esfera densa visível e perceptível pelo olho humano. Quando essas auras astrais entram em Aspecto, uma influência é sentida, mesmo que ainda faltem alguns graus para os Astros visíveis formarem Aspecto, ou mesmo que já tenham ultrapassado esses graus do Aspecto.

Também, segundo a Astrologia Rosacruz, o Sol e a Lua possuem uma órbita de influência de 8 graus devido a excentricidade da órbita do Sol "em torno" da Terra (lembrando que na Astrologia utilizamos o sistema geocêntrico), e da Lua em torno da Terra. Tal excentricidade é menor do que as órbitas dos outros Planetas, o que cria uma órbita de influência maior. Soma-se a isso a questão da proximidade desses dois Luminares em relação à Terra: são bem mais próximos do que os outros Astros. Faça um teste: Coloque uma linha no chão e ponha um farolete a 1 metro de altura, com o foco de luz sobre a linha divisória, você terá uma ideia aproximada do que ocorre. A Luz irradia para os dois lados da linha divisória, e você nunca mais vai esquecer disto. Quanto mais próxima da linha divisória, maior a "órbita de influência". Cálculos astronômicos, demonstram, 8 graus e 6 graus, respectivamente, para cada lado.